Influbeauty em Porto Alegre

Eu estava sumida, né? Eu sei, mas deu problema no pc, quebrei a tela do meu celular e mil coisas aconteceram, e não tive como me dedicar como gosto para o nosso bloguinho. Mas sei que vocês acompanham aqui e também nas redes sociais e sabem que eu sempre volto. Dessa vez, espero que não tenhamos contratempos. Hehehe!

Então, hoje vim contar do super evento que aconteceu ontem no Hotel Deville Prime aqui em Porto Alegre. Fui convidada para participar do Influbeauty, um evento bacana da marca Muriel Cosméticos, que agora é a #novamuriel. Eu fiquei bem faceira pela marca ter lembrado de me chamar, pois eu adoro eventos e se o assunto é cabelo, eu fico doida pra participar. Cabelo é meu assunto preferido!

Desde o credenciamento, foi tudo super rápido e organizado, apesar do grande número de meninas participantes. Estavam presentes também os distribuidores e vendedores da marca no RS, e todos aprendemos bastante com o diretor comercial da marca, que fez questão de explicar todas as linhas de cabelo que são comercializadas pela marca.

O foco era apresentar mesmo a linha Alisena, para que possamos saber mais ela para repassar para as nossas leitoras e também para usarmos corretamente e testar a linha.

Aprendi bastante e já posso adiantar umas coisas sobre Alisena:

  • Ela não desbota fios coloridos
  • O efeito é gradativo, quanto mais você usa, mais seu cabelo fica liso e disciplinado
  • Pode ser usado por meninas com cabelos loiros e com mechas, pois não altera  a cor e também não dificulta o processo de descoloração.
  • Não tem formol e nem hidróxido de sódio (soda cáustica), que são usados na maioria dos produtos para disciplina dos fios.
  • Os ácidos de alisena são permitidos e não são corrosivos para o cabelo, ou seja, não vão deixando o cabelo mais fino no processo de redução de volume dos fios.

Depois, teve um coffee break ótimo onde pude encontrar algumas amigas bloggers conhecidas, e pudemos conhecer e tirar fotos com a musa da marca, a bela Helen Ganzarolli. Pude dizer pra ela que a “mulher maravilha” da vida real existe. Ela é deslumbrante, além de simpática e muito atenciosa com todos. Tirei uma fotinho abraçada com ela porque não poderia deixar de aproveitar para tietar uma das mulheres mais lindas da tv brasileira.

Depois do intervalo, tivemos ainda um bate papo com direito a perguntas para Helen, onde ela contou algumas dicas de beleza, como faz para ficar com a pele bronzeada, o que ela usa para ter brilho nas pernas, uns truques de beleza bacana e muito mais. Respondeu todas as perguntas  e foi muito simpática. Ao final, ainda teve um tempo para músicas com dançarinos e para nós aproveitarmos.

Não faltou também o kit Alisena para que possamos testar. Como respondi uma pergunta certa durante o evento, recebi também um kit da Progressiva Caseira para testar.

#meulook

Fui usando um vestido manga 3/4 da Renner  (que na foto parece preto, mas era azul marinho). O tecido dele é um suede bem fininho e eu amo essas mangas boca de sino. Acho ele básico e arrumadinho. Nos pés, fui de sandália Bebecê com salto grosso para garantir conforto nos pés durante o evento.

Eu realmente adorei e foi ótimo poder conhecer a marca, os produtos, a Helen e interagir com as outras meninas. Obrigada pelo convite, Muriel!

Nutrição Celular creme sem enxágue da Acquaflora

Desde quando eu respondia perguntas sobre cabelo no Yahoo Respostas, lá em 2008, que uso e recomendo alguns produtos da Acquaflora, que é uma marca nacional e de boa qualidade, com preço super em conta para o bom resultado que entrega.

O produtinho de hoje é um hidratante sem enxágue, da linha Nutrição Celular, que comprei em uma passadinha pela Belshop, pois estava comprando alguns produtos para testar. Como já tinha a máscara dessa linha e ela é muito boa, resolvi comprar o leave-in para testar também. Custou R$ 31,90.

Esse creme é indicado para auxiliar na reposição de massa perdida e dar mais resistência aos fios agredidos pela química, ou seja, os (meus) fios elásticos. Agora estão em menos partes da cabeça porque já cortei o cabelo umas 3 vezes e ainda fiz o corte bordado. Mas na franja ainda tem fios elásticos e eu preciso cuidar bem dessa parte do meu cabelo.

O creme contém:

  • Carbocisteína: Aminoácido responsável por nutrir, dar  força e resgatar a flexibilidade natural dos
    fios.
  • Pantenol:Vitamina altamente umectante que traz hidratação e maciez aos cabelos.
  • Creatina:Nutriente importante, capaz de doar resistência à fibra, reparando-a na sua parte mais interna e reduzindo o dano causado por agressões.

O que eu achei:

Eu uso ele de duas a três vezes na semana para dar essa “massa” que meu cabelo fino e poroso tanto precisa e vou intercalando com produtos de nutrição e hidratação, para recuperar o meu cabelo completamente o quanto antes. Mas noto que quando uso, meu cabelo fica mais alinhado, sedoso e brilhante, além de sentir ele mais espesso, bem do jeito que eu gosto, parece até que tenho mais cabelo. Quando uso ele após usar a máscara da mesma linha, o resultado é ainda mais interessante, pois o cabelo reflete o brilho longe e fica muito, mas muito macio.

Meu cabelo está cada vez menos elástico na parte da franja também e no dia que penteio usando esse creme, ele não fica puxando e esticando,a ponto de rebentar. Ele parece ficar mais firme, resistente à tração da escova. Estou realmente gostando desse creme e super indico.

Ele pode ser encontrado em lojas de cosméticos tanto físicas quanto online e os preços variam entre R$ 30 e R$ 40. Como o frasco é grande, dura bastante. E além disso, tem um cheiro muito bom, que fica no cabelo por horas.

Jana por aí: Agridoce Café

Estou há um tempão para fazer esta resenha, de um lugar mágico e delicioso que temos aqui em Porto Alegre: O Agridoce Café.
Por onde começo? Vou começar pelas xícaras penduras no teto, logo no hall de entrada. Uma coisa meio Alice in Wonderland. Eu gosto, amo, curto muito lugares que me fazem tomar certa distância desta vidinha vulgar que temos nas cidades grandes. Gosto de lugares que me transportam para um mundo mais bonito, caloroso, perfumado e acolhedor que nossas ruas acinzentadas nos oferecem.

Por sorte, na Leal e Valorosa cidade de Porto Alegre, temos muitos lugares assim, e o Agridoce, é o lugar que mais me faz sentir em outra dimensão.A decoração é meio surreal, além das xícaras penduras no teto, temos abajures no lugar de lustres, vários sofás, cadeiras, mesinhas e muita louça antiga, tudo perfeita e harmoniosamente descombinado, como não amar e babar muito?

Já escrevi em outro texto que eu “como” o ambiente. Sim, a decoração, o clima do lugar, a educação dos atendentes, tudo  faz parte da experiência de comer e beber fora de casa. Já contei que sou uma boa cozinheira? Pois é, quem sabe cozinhar tem esse problema, não é qualquer lugar ou comida que te faz sair do seu lar doce lar.  A experiência, então, tem que ser completa e aguçar todos os meus sentidos. O Agridoce te proporciona isso com um plus: nem parece que estamos em Porto Alegre, aliás, nem parece que estamos no Brasil.

Já fui lá algumas vezes, a convite de amigos e convidando outros. Provei o cappuccino com cardamomo (amor eterno), o chocolate quente com especiarias, a torta de chocolate, um sanduba de pernil com molho barbecue, um cheesecake de frutas vermelhas, e um mil folhas de doce de leite que…  Achei indecente de tão bom! Sabe aquele mil folhas super leve e crocante? Com um doce de leite maravilhosamente mara! Claro que não comi tudo no mesmo dia né? Não sou (tão) louca!

Ah! Tem muitas opções no cardápio entre chás, cafés, quiches, doces, sandubas, cervejas artesanais. Bem, pretendo voltar lá muitas e muitas vezes, e provar o máximo possível do que eles oferecem, pois tudo que bebi e comi, eu gostei mutcho!

O ambiente do Agridoce é algo bem diferenciado e meio maluco, acredito que os donos tenham feito uma bela garimpagem em briques e na casa das vovós, tem algo de sonho, de bucólico, de romântico, é um lugar bem bacana pra levar teu amigo que vem de fora de Poa,para um encontro mais romântico (eu achei o lugar super cara de romance), para ir com os amigos e ser feliz. Tudo é muito altamente instagramável, desde a apresentação dos pratos, que tem direito até a descanso de talheres, meu povo! Olha que coisa mais primeiro mundo! Falei pra vocês do quadro com um homem vestido de freira? Adorei!

De todas as vezes que eu fui, somente em uma delas não tinha fila de espera para sentar, foi num domingo à noite. Mas enfim, o lugar é novo e está bombando, de qualquer forma, a espera vale a pena. Eles possuem um sistema que te chama quando sua mesa estiver livre ou seja, dá para dar uma voltinha na Cidade Baixa enquanto aguarda.
Siga o Agridoce Café no Instagram e babe nas fotos do lugar, por ali, dá para ter uma ideia do ambiente bem diferenciado que eles oferecem.

Ah! O atendimento é super cordial, todo o staff é muito educado e nas mesas tem uma campainha silenciosa para chamar o garçon, trés chic!
Vai lá agora!

  • O  Agridoce Café fica  Rua Sarmento Leite, 1024, Cidade Baixa, Porto Alegre. Funciona das 11:00 as 22:00 de terça a domingo.
JANAINA ZORZATO, FUNCIONÁRIA PÚBLICA, GAÚCHA NÃO PRATICANTE, COLORADA POR OSMOSE, METIDA A MAROMBEIRA, E COM UM LADO DONA BENTA

 

Novas cores de batons matte da Vult

Chegaram  aqui em casa faz um tempinho esses batons da Vult para que eu conhecesse a nova gama de cores da marca. Eu  explico porque as coisas chegam na minha caixa postal e não saio correndo pra postar: eu espero pra testar e usar tudo, encaixar na minha rotina mesmo, como consumidora real, pra depois poder dar uma opinião se acho que os produtos são bons ou não. Isso é desde o início do blog, pois é o que caracteriza meu trabalho sincero e transparente durante todos esses anos por aqui.

Eles lançaram 16 novas cores e eu recebi 14 delas. Não tem nenhuma cor super  novidade, mas são bem pigmentadas e de boa qualidade. Algumas cores fiquei pra mim porque de fato usarei no meu dia a dia, e as demais, fiz swatches e dei para minha amiga Mônica Loureiro, que é maquiadora, usar nas suas clientes.

As cores vão do nude ao violeta, passando por vermelhos e tons de rosa. Mas eu tenho meus preferidos: 2,5 e 9. O número 2 é um nude muito coringa, combina com todos os tons de pele  e tem um fundo frio, que deixa qualquer look lindo.

Já o número 5  é um rosa chiclete muito bonito, que acho que ficou legal com meu cabelo power preto e quebrou um pouco o ar de séria que o cabelo escuro traz. E o número 9 é puro amor e é uma variação pra quem quer sair do nude sem ousar muito, pois ele tem um tom puxado para o salmão, que é delicado e muito elegante.

Quanto ao acabamento, todos são realmente matte e transferem quase nada.  São bem confortáveis para usar, tem boa duração e não deixam a boca ressecada. Como o preço deles é acessível, torna esses batons uma excelente opção para quem quer batons de qualidade sem gastar muito.

Os batons da Vult são bem fáceis de encontrar, em lojas de cosméticos,lojas online supermercados e também em lojas de departamento. Super vale experimentar!