Como fugir do efeito “Chokito”?

 


Hello Girls…
Hoje,quando olhava o blog de uma colega blogueira muito querida,vi um concurso de make e um comentário no post que dizia:”Que bom que o prazo é longo para mandar as fotos,porque,atualmente,minha pele está como um chokito…”(Esperem….Momento pausa dramática para a minha risadinha pessoal…shaushauhsua!!!-Voltei.)
O que seria o famooooso “efeito chokito”??Se você pensa que as espinhas são um problema da adolescência…Engana-se redondamente!!!Um recente estudo feito pela Academia de Dermatologia dos “póprios States” revelou que quase 61 % das mulheres de 20 a 29 anos sofrem com este inconvenientezinhoooo…Porque,cá pra nós…As espinhas e os megaaaa cravos só aparecem nas horas mais impróprias:No dia da entrevista daquele emprego que você estava querendo,no dia do casório,daquela festa suuuper badalada…Nessas horas,amighans,eu sei…A gente se sente O Óh do brega…
Mannnnnnnnnnnsssssssssssss….
Felizmente,existem certos segredinhos que ajudam a dar aquela disfraçada(o bom e velho amigo corretivo!),para as foteeenhas um bom photoshop porque ninguém é de ferro…Mas isso são apenas paliativos,disfarces…Existem substâncias que auxiliam no tratamento de nossas “Amighans indesejadas”…
Estamos falando de peróxido de benzoíla (de ação bactericida), ácido salicílico (que funciona como um esfoliante), enxofre e resorcinol (que, juntos, atuam contra a bactéria da acne e ainda esfoliam levemente).Como experiência pessoal,posso dizer que um simples sabonete que mandei fazer na farmácia de manipulação por R$6,90(350 ml),a base de enxofre e acido salicílico,ajudou e muito para dar um “chega pra lá” nas espinhas e nos cravos…Mas,claro que deve ser associado a hábitos de muuuita higiene com o rosto,como lavar freqüentemente,usar um hidratante não oleoso e coisas do gênero…
Para aquelas queridonas que preferem uma solução mais direcionada(Porém mais sofridinha),existe o ROACUTAN:A isotretinoína, conhecida pelo nome comercial Roacutan, ainda é, na opinião dos especialistas, o melhor remédio para a acne. As cápsulas diminuem o tamanho das glândulas sebáceas, atacam as bactérias e não deixam que as células da superfície da pele fechem os poros. Logo no primeiro mês, pode haver uma piora danada. Mas em até seis meses, a pele fica lisinha – são raríssimos os casos em que isso não acontece. O preço, no entanto, é alto. Não só pela grana, mas pelos efeitos colaterais. A pele e os lábios ressecam e descamam, os olhos também ficam secos. E há riscos sérios envolvidos, como a chance de má-formação fetal. Por isso, as pacientes precisam assinar um termo dizendo-se cientes de que não devem engravidar durante o tratamento. Os médicos estudam formas de diminuir tais efeitos. Como, por exemplo, receitar doses mais baixas por um período mais prolongado.
E ainda,reuni algumas outras opções de tratamento para que vocês possam apreciar e ver se algum deles pode te ajudar a ficar com a “Cútis-Cute” que a gente sempre sonha…
Nome do tratamento: fototerapia dinâmica.
Como é: o médico aplica um medicamento sobre o rosto, chamado ácido aminolevulínico. A paciente aguarda por cerca de uma hora, em local escuro. Aí, a área afetada é exposta à luz azul ou luz pulsada. A energia e o medicamento reduzem o tamanho de glândulas sebáceas e, em alguns casos, ainda melhoram as cicatrizes e a textura da pele.
Sessões: 3, com intervalo de duas semanas.
Porém: após a sessão, a pele pode ficar inflamada por alguns dias. Os médicos ainda não chegaram a um consenso sobre o protocolo do tratamento.
Preço: de R$ 1.000 a R$ 1.500 por sessão.

Nome do tratamento: isolaz.
Como é: um aparelho com uma ponteira que realiza sucção e extrai o sebo das espinhas – “Por isso ele pode ser aplicado em casos mais graves de acne (quando há espinhas inflamadas)”, explica Daniela Nunes, dermatologista do Rio de Janeiro. Ao mesmo tempo, emite uma energia que destrói as bactérias. Em cerca de uma semana, a pele deve apresentar uma boa melhora.
Sessões: duas ou três, com intervalos de três semanas.
Porém: nos dois primeiros dias, há vermelhidão. Só chega ao Brasil neste mês.
Preço: de R$ 600 a R$ 800 por sessão.

Nome do tratamento: toxina botulínica.
Como é: as injeções de toxina botulínica são aplicadas superficialmente, na pele, com o intuito de atingir as glândulas sebáceas – e com isso reduzir a sua capacidade de produzir óleo. As picadas são realizadas com um centímetro de distância. “O efeito antiacne teria duração de, pelo menos, dois meses”, explica Guilherme de Almeida, dermatologista de São Paulo.
Sessões: uma a cada dois ou três meses.
Porém: o tratamento ainda carece de mais estudos que comprovem a sua eficácia. Em mãos não habilidosas, pode deixar o seu rostinho torto.
Preço: ainda indefinido.

Espero que o post ajude você,gathan,para deixar o “Chokitão” no passado…E se você tem algum segredinho para abolir os cravos e espinhas da nossa vida pheeenaaa e ultra looosho,conte pra nós,queremos saber desse baphãooo pra ontem!

Baita beijÔ moças!
Yasmin Severo-Assessora SL ;)

Obrigada por acessar o Shampoo de Laranja!