Boticário e desodorantes…

Post por em Pele

Essa semana dei uma passadinha no boticário por que estava LOUCA atrás de um perfume com cheiro de doce , e resolvi tentar um desodorante novo, já que não estou NEM UM POUCO satisfeita com meus atuais.

O que acontece é que eu transpiro bastante, e eu odeio ter que retocar o desodorante, então eu queria um desodorante cheiroso, e que durasse umas 10 horas no mínimo .
Será que é pedir muito?

Acontece que aqui em Friburgo tem algumas lojas do Boticário.
E como em todo lugas as vendedoras são nojentíssimas.
MAS tem uma loja, que parece ser outro mundo.

As vendedoras são SUPER atenciosas, e você é tratada com muito carinho, e pode experimentar o que quiser… nem parece ser Boticário.
Eu sempre compro lá, mesmo que experimente em outras lojas, na hora de levar o produto, é pra lá que eu corro!

Depois vou postar sobre o que comprei e o que achei :)

Voltado ao assunto dos desodorantes, conversei com a vendedora e ela me explicou que existe diferença entre o roll’on, o spray, o spray seco… etc.
Explicou quais eram, e eu cheguei em casa e resolvi pesquisar mais, e agora quero compartilhar com vocês :D


Desodorante x Antiperspirante
Você sabe a diferença?
Os desodorantes são classificados em três categorias, podendo conter ou não álcool ou perfume na fórmula. São elas:
Desodorantes: possuem ação antibactericida e costumam ter perfume para disfarçar os odores da transpiração.
Antiperspirantes: diminuem a produção de suor porque inibem a atividade das glândulas, e como essas são as principais causas de odor corporal, os antiperspirantes acabam previnindo o mau cheiro.
Desodorantes antiperspirantes: une as duas funções acima e são os mais recomendados para vetar o suor.

Entendendo sobre o nosso corpo
Uma mudança corporal durante a puberdade é que as suas glândulas sudoríparas produzem mais suor (transpiração). A transpiração é normal e importante, pois ajuda o seu corpo a regular sua temperatura.

Temos dois tipos de glândulas sudoríparas:
O primeiro tipo, chamado glândulas écrinas, produzem um suor transparente e sem odor. Essas glândulas começam a funcionar no momento do seu nascimento.

O segundo tipo, chamado glândulas apocrinas, só são ativadas no começo da puberdade. Elas produzem um tipo diferente de suor, que pode cheirar mal quando entra em contato com as bactérias presentes na pele.

Muitas das glândulas apocrinas estão nas axilas, por isso é importante o uso de desodorantes ou antiperspirantes para controlar o odor.

Como escolher?
Pode parecer a mais prosaica das tarefas, mas comprar desodorante não é exatamente simples. Há um ampla variedade de produtos nas farmácias, e grande parte acompanhados de nomes espalhafatosos e vários apelos de marketing.

É simples, se você é do tipo que elimina muita água, procure no rótulo do produto a palavra antiperspirante, assim o conforto será maior. Mas se você é aquela que não sua nadinha, pode optar por uma fórmula de ação meramente bacteriostática.
Vejamos algumas opções.

Tipos de desodorantes
Que podem ser encontrados no mercado sob diversas formas, como veremos a seguir:

Líquidos – Spray
Embalados como spray ou squeeze, são à base de álcool, pode irritar a pele. A secagem é rápida e a aplicação, bem fácil.É o mais antigo e comum no mercado. É mais indicado para os homens pela ação de bloquear a ação das glândulas sudoríparas.

Aerosol
Uma mistura líquida é pressurizada com gás. Irrita menos a pele por não possuir álcool, além de permanecer mais tempo ativo no local. Deve ser aplicado de uma a duas vezes ao dia. Esse tipo de aplicador, que libera partículas antitranspirantes suspensas no ar, também é ideal para áreas mais extensas do corpo, como peito e barriga. O jato de ar seco irrita mais a pele da mulher, porque é mais fina do que o homem.

Cremosos
Aplicado com os dedos ou no stick. A pele o absorve rapidamente e ainda há ingredientes emolientes que dão suavidade.
Esse produto geralmente possui a mesma composição do rolon. O creme antitranspirante é mais recomendado para a região da virilha. Como esse produto possui substâncias que amaciam a pele, a hidratação evita a proliferação de bactérias.

Roll-on
O roll-on é uma esfera de plástico espalha o produto pela axila.
O roll’on fecha os poros das axilas enquanto massageia, o que é otimo, já que nossos poros das axilas são enormes.

O Roll-on tem duração um pouco maior do que os outros, de 8 a 12 horas. O filme protetor que reveste as axilas traz algumas vantagens: além do produto ser liberado aos poucos no corpo, o hidratante presente irrita bem menos a pele do que os outros tipos de desodorantes ou antitranspirantes.
A desvantagem é que ele pode estimular o aumento da secreção de outras glândulas, como as sebáceas, e causar a obstrução dos poros e inflamação. Como esse tipo de produto fica em contato direto com a pele, recomenda-se que ele seja limpo com lenço umedecido para evitar a contaminação bacteriana e o mesmo desodorante ser usado em apenas região do corpo, axilas ou virilha, afinal o crescimento de bactérias pode aumentar também o mau cheiro.

Coisas que você deve saber:

-Qual a diferença entre perfumes, desodorantes e desodorantes-colônia?
Os perfumes são caracterizados pela alta concentração de essências – entre 18% e 35% do volume total. Seu poder de fixação na pele é grande, podendo durar de 8 a 24 horas, conforme a qualidade da fragrância e o caminho olfativo.
Os desodorantes são produzidos com ativos específicos que combatem a proliferação de bactérias responsáveis pelos odores e possuem reduzida ou nenhuma concentração de fragrância. As colônias desodorantes, por fim, possuem baixa concentração de essências, 5% no máximo e, além de perfumar, têm função desodorante por possuir os elementos que ajudam a combater os efeitos do excesso de suor.

-Como combinar o uso do perfume com o desodorante?
Para uma perfumação equilibrada e prolongada é indicado o uso de perfume e desodorante com fórmulas semelhantes para evitar conflito de fragrâncias. Outra dica importante é lavar as axilas e enxugá-las antes de aplicar o desodorante. O mesmo vale para o perfume, porque o suor pode alterar a fragrância original dos produtos.

-Desodorantes com ação bacteriostática combatem as bactérias que estão sempre presentes nas axilas.

-A embalagem não influencia na qualidade do desodorante, o que diferencia um do outro é a consistência e os componentes do produto.

-A grande causa das manchas nas roupas é o uso de desodorante nas axilas sujas. Não adianta tomar banho antes de dormir e passar desodorante no dia seguinte, você já terá transpirado durante a noite. É preciso tomar banho de novo para aplicar o produto. Caso contrário, o resultados serão as vergonhosas manchas, ou uma possível reação alérgica.

-Alguns cuidados podem ser tomados para auxiliar no combate contra o mal cheiro, como lavar as regiões que sofrem mais com o excesso de suor de preferência com sabonetes antissépticos. Não repetir roupas facilita no combate às bactérias que causam a bromidrose, pois as roupas ficam com o odor e podem a te encardir as partes que ficam em contato direto com a pele. Ainda sobre roupas é legal evitar o uso de tecidos sintéticos, dando preferência ao algodão pois sempre que lavado dispersa as bactérias e o cheiro. Evite deixar a pele úmida por muito tempo.

-As mulheres possuem muito mais glândulas apócrinas do que os homens.

-Se você acabou de depilar a região, evite o uso de qualquer produto para não irritar a pele.

-Dependendo da atividade de cada um ou mesmo da necessidade, os desodorantes podem ser reaplicados a qualquer momento.

-As glândulas sudoríparas estão espalhadas por todo o corpo, menos nos lábios e nas orelhas.

-Os desodorantes, denominados “antitranspirantes” ocasionam o fechamento de mais ou menos 50% das glândulas sudoríporas, reduzindo a eliminação de toxinas, podendo produzir processos infecciosos nas glândulas, tais como furúnculos.É importante atentar se contém bactericidas para evitar o processo infeccioso.

-Se todas as suas glândulas écrinas trabalharem na sua capacidade máxima, produzirão ao redor de 10l de suor por dia.

-Os homens e as mulheres têm diferentes tipos de suor, por isso os desodorantes e antiperspirantes de homens e mulheres são diferentes.

E aí meninas, o que acharam?
Tem alguma dica de desodorante?

Um beijo!

0 comentários Comentar via blog

Comentários via facebook

Deixe um comentário