Clariderm

 

Oi gurias!

Há algum tempo, sofri uma “queimadura” em uma máquina de bronzeamento artificial.
Foi no rosto, na área do buço. Tudo porque eu havia depilado um dia antes, e a região estava sensível quando fiz a tal sessão de bronzeamento.
Naquele dia, só ficou vermelho. Não ardeu,nem nada. E eu segui fazendo mais algumas sessões de bronzeamento normalmente.

Ao final de 1 semana, olhei para o espelho e notei a diferença: meu buço estava com a pele escurecida. Bem escurecida, diga-se de passagem.
Fiquei chateada e por um bom tempo, usei e abusei da make. Corretivo e base eram meus companheiros inseparáveis.

Mas e depois do demaquilante?
Eu continuava instaisfeita com a mancha escura.
Sri que pomadas clareadoras e cremes vendidos em farmácia e não são prescritos por médicos, costumam ter baixa eficácia nestes casos, mas ainda assim, resolvi testar um produto que sempre ouvia falar bem: o Clariderm.

Comprei a versão em gel, pois a pomada tem uma consistência um pouco mais oleosa, e como “sebo girl” assumida, devo afastar-me de todo e qualquer cosmético oleoso para o rosto.
Pois bem,estou usando Clariderm há cerca de 35 dias e notei uma melhora (ainda que modesta), na região afetada. Tenho usado ele também nas maçãs do rosto, onde eu tinha umas marcas de espinhas. Noto que a pele está clareando leve e gradativamente.

O ponto positivo é que minha pele não está descascando durante o tratamento. Alguns cosméticos clareadores promovem descamação exagerada da pele, mas este não.
Deve descamar sim, mas nada que comprometa o visual do rosto.

Li a bula, e faço exatamente como indicado, uso o gel (que é transparente), somente pela noite e e aplico só nos lugares onde desejo que haja o clareamento.
Como o gel tem hidroquinona (2%), eu tomo sempre o cuidado de durante o dia usar um filtro solar, pra não adquirir outras manchas no meu rosto.

Estou partilhando esta experiência com o Clariderm aqui, mas lembrem-se que não sou médica. Talvez as manchas do seu rosto ou corpo, precisem de algo mais específico,como ácido retinóico, ou glicólico. Isso só os médicos podem indicar.
Para comprar Clariderm, não precisa de receita, basta chegar em qualquer farmácia e comprar. Eu paguei R$ 35 no gel. O creme costuma ser mais barato,em torno de R$ 31. Existe também a versão sérum de Clariderm, mas estava meio “salgadinha”, R$ 52. Resolvi ficar com o gel mesmo.

E vocês, usam cremes ou algum outro método para clarear suas machinhas?
Já usaram Clariderm?
Me contem nos comentários, por favor!
Gosto de trocar informações com vocês!

Um beijão,

Obrigada por acessar o Shampoo de Laranja!