Unhas Bonitas e Saudáveis

em Sem categoria

 

Bem sei que está todo mundo sejogandocomforça na delícia que é a febre dos esmaltes que nos pegou de jeito desde 2010. Eu também me incluo nessa farra, vocês sabem que sou esmaltólotra assumida.

E como ficam as unhas nesse troca troca maluco de esmaltes? Entre uma cor da moda e outra, dê uma olhadinha em suas unhas sem produto algum sobre elas e verifique se está tudo bonitinho e sadio.

As Unhas

Assim como nossos cabelos, nossas unhas também são feitas de queratina. Elas são placas dessa proteina, em estado muito mais endurecido, localizadas nas pontas dos dedos. A função da unha no corpo é proteger as extremidades dos dedos das mãos e dos pés, além de facilitar, nos humanos, a manipulação de qualquer objeto.

Como muitas outras características, o formato das nossas unhas também é definido genéticamente. Com uma pequena diferença: essa característica pode ser alterada, seja com tipo de corte e lixamento; tratamentos endurecedores ou mesmo traumatismos – pancadas, cortes, portas que se fecham na hora errada, causando dor insuportável e quase sempre a queda da unha (além de um repértorio grande de palavrões).

No caso de perda total da unha (ai!) o tempo de crescimento completo pode ser de seis meses para uma unha da mão até um ano para o dedão do pé, por exemplo. Horrível, né? Já perdi a unha do dedão duas vezes, uma por tropeção e outra por pancada e foi muito ruim, parece uma eternidade pra voltar ao normal.

Unha Saudável

Pra saber se a unha está legal, é preciso observar alguns pontos: formato regular, textura na superfície, cor e condição das cutículas.

O formato é uma das características genéticas mais fortes. Não é raro encontrar mães e filhas com unhas idênticas, chega a ser até engraçado. Ou não, quando a questão é seu dedão do pé e do seu papys…

Bom, mas o que importa é que a curvatura natural da sua unha precisa ser respeitada na hora de cortar e lixar. Quem tem unhas finas e mais achatadas não consegue manter o mesmo comprimento de quem tem unhas em garra, por exemplo. O jeito é trabalhar a favor da natureza e encontrar um corte que deixe as mãos bonitas e que não exponha as unhas à quebra a todo momento.

Vitaminada e Absoluta

Unha precisa de alimento, sim! Hidratação constante e vitaminas são muito bem vindas, afinal, nossas mãos estão expostas o tempo todo a todo tipo de agressão, imaginem as unhas, que estão na linha de frente da batalha? Sem esquecer que todo esmalte contém uma forte carga química (mesmo que nas quantidades mais baixas,  regulamentadas por lei em cada país). Como não damos descanso na coloração mesmo, precisamos compensar mantendo a nutrição da região.

Quando for esfoliar o corpo, não esqueça das unhas e cutículas. Mantenha também sempre à mão um hidratante específico para a região, desses que hidratam profundamente.

Particularmente, adoro aplicar óleozinhos próprios pra egião. Além de vitaminados, mantém a hidratação por mais tempo e a aparência das mãos fica impecável. Gosto de aplicar à noite, antes de dormir. Assim capricho na quantidade sem dó e não saio carimbando tudo que encontro pela frente, com mãos oleosas.

Dodóis

Além das micoses, que são fáceis de reconhecer (é como se a unha esfarelace e também há lesões bem localizadas), há muitas outras alterações nas unhas que merecem uma visita ao consultório do doutor, entre elas:

Pontos de sangue (hemorragias) – pode ser falta de vitamina C.

Manchas brancas – deficiência em selênio e zinco. A falta de selênio pode aumentar o colesterol e causar problemas cardíacos. Ele é amplamente encontrado no gérmen de trigo, tomate, tominho e milho, entre outros cereais. Já a falta do zinco é muito mais séria para o organismo. Doenças como câncer, diabetes, obesidade e retardamento do crescimento estão relacionadas a esta deficiência.

Manchas vermelhas – excesso de selênio, que pode causar dermatites, fadiga muscular, quadro pulmonar e lesão no sistema nervoso central.

Unhas grossas e espessas/Unhas pequenas e com estrias – alimentação pobre em vitamina A. Ela é essencial para a formação dos tecidos epiteliais, estruturação óssea e queritinização.

Unhas quebradiças (associadas à queda de cabelo, palidez e cansaço) – provável deficiência de ferro, anemia.

Unhas frágeis (associadas à pele seca com descamação e queda de cabelos) – pode identificar uma deficiência em cálcio.

Pregas transversais (dobrinhas) – baixa ingestão de proteínas, que pode resultar em subnutrição ou anemia.

Fonte de quadro de alterações: soares ribeiro, lucia helena – a unha: estudo da anatomia, fisiologia e alterações da cor. tese de mestrado.

No caso desse tipo de alteração o melhor mesmo é procurar um médico. Ele saberá a diagnosticar se o problema é clínico ou nutricional e orientar sobre como proceder.

Cosméticos

Nem só de esmalte vive a unha! Existe todo um universo pra cuidar das nossas amigas:

As imagens que aparecem acima são apenas algumas sugestões entre muitas opções das prateleiras. Quem tiver uma dica quente, sobre um produto desses que salvam unhas, divida com a gente nos comentários, tá?

E pra finalizar, não custa lembrar. Se você perceber alguma alteração nas unhas, não vale só cobrir com esmalte e tocar em frente, combinado? É sempre mais fácil cuidar de qualquer probleminha no início, nada de dar mole pra doenças que podem ser tratadas facilmente!

Vivi é editora do  www.poptopic.com.br