Testei: Elixir Ultime

em Sem categoria

 

Seguindo naquela mesma onda dos óleos capilares, me aventurei a testar um da famosa marca Kérastase, que só  de ouvir falar o nome, já assusta pelo preço. Mas se o preço é um pouco alto, a qualidade também é conhecida mundialmente. Mas nem tudo que reluz é ouro.

Esse produto é uma mistura de 4 óleos diferentes, que promete alinhar, disciplinar, amaciar e tratar os cabelos ressecados e indisciplinados. E pra quê cabelo mais seco que o meu, né, gente?

Ganhei esse óleo de presente de um cabeleireiro muito querido, o Marquinhos , da estética Visualitté aqui de Porto Alegre, que viu que meu cabelo estava precisando de um upgrade. Quando vi o presentinho dele pra mim, meus olhos brilharam de emoção, afinal, não é todo dia que a gente ganha produtos da Kérastase de presente, né?

Daí que eu comecei a usá-lo como defrizante, antes da chapinha, pra deixar o cabelo mais liso, certinho no lugar,e ele não foi lá essas coisas. O cabelo ficou macio, mas eu esperava mais, um brilho incrível, textura bacana e não foi bem assim. Desisti de usar assim e passei a usar como reparados de pontas, e foi então que consegui meu melhor resultado com o produto, que deixa as pontinhas bem seladas e disfarça as pontas duplas.

Tem uns produtos da marca que eu adoro, como Ciment Thérmique, Vita Ciment, Masquintense e outros, mas o Elixir Ultime, na minha modesta opinião, é só mais um óleo capilar, com nível de tratamento mediano. Fica atrás  inclusive do Moroccanoil, que custa menos e trata mais os cabelos.

Se é pra usar como reparador de pontas, tem várias opções no mercado que custam menos e fazem o mesmo efeito, né?

Alguma de vocês já testou esse produto?

Um beijo.