Miomectomia- 30 dias após a cirurgia

Fiquei surpresa com a grande quantidade de e-mails que recebi de meninas falando que tinham miomas,algumas já tinham feito cirurgias e outras não. Pelo que vi, iso é bem comum. Infelizmente, porque  em casos como o meu, é uma coisa bastante dolorida e a melhor coisa do mundo foi tirar!

Dores e limitações físicas

Bem, eu já estou caminhando bem melhor, quase não sinto mais dor, só quando esqueço e vou fazer um esforço maior , aí sim, sinto dores. Realmente não tem como fazer esforço ainda. A única coisa que ainda tenho um pouco de dificuldade e faço devagar é subir e descer escadas. Acho que exige um pouco mais e parece que a pele da região dos pontos “repuxa”.

Pontos e cicatrização

Alguns pontos externos inflamaram, mas cuidei deles direitinho e estão todos cicatrizados. Não sei se é normal, mas  a área da cicatriz está um com um pouco mais de relevo cutâneo do que o resto da pele. Estou passando  aquele creme Cicatricure Gel pra ver se melhora.

Inchaço

Para reduzir o inchaço naquela parte do abdômen logo abaixo do umbigo, tenho usado aquelas cintas modeladoras, mas não tem resolvido muita coisa. Me disseram que o inchaço leva até 3 meses para desaparecer, mas não sei se é real. Tá bem inchado ainda, projetado pra frente mesmo. Parece uma pancinha de grávida.

Alguma de vocês que fez cirurgia, pode me ajudar com dicas para resolver esse inchaço todo?

Dá pra ter filhos e continuar com o útero após a miomectomia?

Segundo o meu médico, o competentíssimo e fofo, Dr. Mauro Bainy Curi, dá sim. Mas só daqui a um ano. Porque senão, meu útero pode romper-se e provocar um aborto ou até mesmo complicações gravíssimas comigo. Então, nada de baby por hora. E eu não quero ser mãe, então, tudo bem!

Mas como é feita a miomectomia com preservação do útero?

Para quem quiser entender como é feita a cirurgia de retirada de miomas com a preservação do útero, encontrei um vídeo que mostra a mesmíssima cirurgia que eu fiz. Foi igualzinha. Só que eu tinha 3 miomas razoavelmente grandes. Mostra direitinho como fica o útero depois da cirurgia e o médico “guarda” ele de volta, todo costuradinho. Parece ‘nojento’, mas não é. Foi bom ter assistido, pelo menos foi legal saber como  é o procedimento.

É isso então, daqui a um tempo, volto para contar se as dores eventuais passaram, se eu voltei a menstruar normalmente, se nada alterou após a cirurgia.

Cuidem-se, miomas podem prejudicar a sua saúde. Visitem o ginecologista sempre.

Um beijo e obrigada por partilharem suas histórias de vida comigo.

Muitas de vocês me deram força e coragem para encarar o bisturi pela primeira vez!

Beijocas!