Como decorar um salão de beleza?

em Cabelos

Como cresci nesse meio de cabelos e afins, sempre sonhei em ser cabeleireira igual à minha mãe. Mas eu não sonhava em ter só um salão pequeno aqui no bairro, como ela, eu queria ter um igual eu via nas revistas que ela comprava. Com o tempo, descobri que dá pra  ter um salão bem bonito e organizado seja onde for, e do tamanho que cabe no bolso.

Sempre digo que só não sou cabeleireira porque não quero e quem acompanha o blog nesses oito anos, sabe dos diversos cursos e técnicas que aprendi, mas a vontade de abrir um salão ficou pra mais tarde, quem sabe daqui a alguns anos.

Mas como seria o salão dos meus sonhos?

Se essa pergunta me fosse feita há pelo menos uns cinco anos, eu diria que seria em todos os tons de rosa possíveis. Hoje, a coisa mudou e bastante de figura e eu seguiria a mesma tendência que vejo nos salões que frequento: tudo clean e em tons de branco com algum toque de cor.

Teria sofás brancos, confortáveis e muita iluminação, por todos os cantos. Teria flores, móveis de bom gosto e bancadas sem muitas firulas. Espelhos gigantes. Pessoas bem treinadas para lidar com o público, de todas as classes. Profissionais arrojados e dispostos a inovar. Esse seria o meu salão.

E como eu decoraria isso? 

Escolheria bons materiais, de acordo com o orçamento previsto, mas não abriria mão de um lustre poderoso de jeito nenhum. Lustres poderosos chamam  a atenção e tornam o ambiente mais requintado. Já nas luminárias, eu seguiria um padrão prata ou branco para acompanhar as paredes também na cor branca. Os lustres, dei uma espiada e tem uns rústicos a partir de R$ 116,00 e aqueles maiores e poderosos, por cerca de R$ 1.000. Dependendo do seu orçamento, vale investir neste detalhe que chamará atenção das suas clientes. A minha lista de lustres é essa.

Os sofás, eu escolheria com cuidado: teria que deixar confortáveis as minhas clientes enquanto esperam ser  atendidas ou que seus procedimentos terminem. Nada muito duro, materiais fáceis de limpar.

Já os espelhos, eu escolheria os maiores possíveis, para que a cliente pudesse ver tudo o que é feito nela de todos os ângulos. Acho que como clientes, merecemos ver tudo o que fazem no salão. Foi-se o tempo em que o profissional fazia segredo e escondia seus produtos e técnicas! Espelho nunca é demais!

Chapinhas e secadores, como escolher? 

Já os eletroportáteis, como secadores, chapinhas, e babyliss, eu escolheria a dedo, comparando marcas e resultados. Tenho feito umas pesquisas  pelo Mucca Shop e as ofertas desse tipo de material estão bem animadoras. Acredita que tem chapinha a partir de R$ 24? Sim, é verdade, clica aqui pra ver! E secador profissional, todo charmosão, tem a partir de R$ 148, de marca profissional e conceituada, separei uma lista  neste link aqui. 

Sabe que escrever este post me deu uma vontade enorme de fazer um curso e me atualizar e quem sabe trabalhar mesmo na área de cabelo, não só com o blog, mas como cabeleireira? Vou pesquisar uns cursos por aí! Vai que essa realmente é a minha profissão, né?

Sangue de cabeleireira eu já tenho e sou completamente apaixonada por cabelos e cosméticos!

Gostaram das dicas?

Beijo,
Pri Von Mühlen