Escova em 30 minutos: Casa da Escova

Post por em Cabelos

Quem nunca quis fazer uma escova rápida e tratar o cabelo na hora do almoço ou antes de um compromisso de última hora? Eu já havia falado da Casa da Escova (neste post aqui), quando minha prima foi lá conhecer o serviço. Mas chegou a minha vez de testar o serviço e ver se funcionava mesmo.

Saí em um dia de chuva aqui em Porto Alegre, no final da tarde e cheguei 18h30 por lá. Era 19h10 e meu cabelo estava tratado e escovado, com um ar bem displicente, como pedi para a cabeleireira.

 antes

Como funciona o serviço?

Na casa da escova tem um menu, onde você escolhe entre seis tipos de escova, qual deles você quer. Eu escolhi ela mais natural, mas com raiz com volume. Prontamente fui atendida. Meu cabelo foi lavado, tratado com o sistema Proteomics ,que já falei neste post e fui direto fazer minha escova.

Ficou pronto bem rápido, a destreza da cabeleireira em escovar surpreende. Enquanto ela escova, vai explicando que tudo o que ela usou no meu cabelo tem para vender no salão. Desde o secador, até os tratamentos e escovas, tudo está disponível pra gente levar pra casa, se gostar.

a1

O que eu achei?

Um serviço bem rápido, bom pra fazer principalmente quando a gente não tem muito tempo. Não é um serviço caro, custa a partir de R$ 55,00 e não precisa marcar horário, ponto que é mais do que positivo, né?

A escova fica bem feita, o cabelo bem tratado e macio e elas sabem lidar com qualquer tipo de fio, pois tem a supervisão da Shaiane Bocca, que é técnica da marca Mix Use, que orienta as meninas que trabalham na Casa da Escova.

a2

Onde fica?

Na Hilário Ribeiro nº 191, esquina com a Padre Chagas. O fone é 51 3372.5056 e o estacionamento é próprio e grátis! Fácil de chegar e encontrar.

Certamente vou voltar lá pra fazer mais serviços, pois agora que posso voltar a frequentar os eventos de blogs por aí, vou precisar dar uma ajeitada no cabelo assim, na correria.

Gostaram do resultado e da proposta de salão para escova express?

Beijo.

0 comentários Comentar via blog

Comentários via facebook

Deixe um comentário