Opinião: O Regresso (The Revenant)

Post por em cultura

No feriadão de carnaval, aproveitei que não viajei e fui assistir o  bem comentado filme “O Regresso”, que traz leonardo Di Caprio como Hugh Glass, papel que fez com que  Léo (fazendo a íntima!), fosse indicado ao Oscar. E digo mais: esse ano ele leva, pelo menos é a minha torcida.

Sobre o filme:

“1822. Hugh Glass (Leonardo DiCaprio) parte para o oeste americano disposto a ganhar dinheiro caçando. Atacado por um urso, fica seriamente ferido e é abandonado à própria sorte pelo parceiro John Fitzgerald (Tom Hardy), que ainda rouba seus pertences. Entretanto, mesmo com toda adversidade, Glass consegue sobreviver e inicia uma árdua jornada em busca de vingança.”

Minha opinião:

O filme é longo, tem 2h36. Mas deixa o espectador interessado do início ao fim. A fotografia do filme é de uma perfeição incrível, e  agrada muito. A trama mostra bem como era o comércio de peles de animais antigamente e sobre como alguns povos indígenas sofriam com isso em suas terras.

Leonardo Di Caprio está fantástico no papel, totalmente entregue ao personagem. Vê-lo em um papel maduro, com filho,com um ar mais envelhecido, foi encantador. Como o filme não é só ele, dou destaque também para os atores que contracenam com ele, fazendo o papel de filho e o Fitzgerald, que o abandona para morrer.

Nas cenas com o urso, por mais que tenham sido feitas com computador, estão muito bem feitas e realistas demais. Na real, dá uma aflição enorme, pois parece que ele realmente luta com o urso.


Recomendo o filme para quem gosta de histórias cheias de lutas, batalhas pela vida e com bastante ação, apesar do filme ser classificado como drama.

A sala do cinema estava com lotação máxima em todos os horários, então, a procura segue enorme. Fica a dica de um excelente filme!

Alguma de vocês já assistiu?

2 comentários Comentar via blog

Comentários via facebook

Comentários via blog

  1. Paulo

    Uma merda de filme…horrivel

    Responder
    1. Que pena que tu não gostou!

Deixe um comentário