Resenha: Blur Facial Dailus (em bastão)

Vocês devem lembrar que contei que esqueci minhas maquiagens e comprei algumas coisas novas na viagem. Por isso, estou com algumas resenhas novas de make aqui no blog. Tem alguns itens que adorei e outros nem tanto, mas vou falar de todos para contar a minha experiência pra vocês.

Hoje é dia de falar sobre esse blur facial, que deve ser aplicado antes da maquiagem, como se fosse um primer. Segundo a marca, ele deve disfarçar as linhas finas e poros dilatados, além de formar uma película transparente de disfarce óptico que deixa a pele matte e lisa o dia todo.

O que ele cumpre?

Como tenho poros bem dilatados, adoro testar esse tipo de produto, pra ver se resolve isso. Não foi o caso deste Blur da Dailus. Não vi nada de disfarce para os poros, apenas vi resultado na oleosidade da pele, que ficou matte na hora e durou do início da manhã, até o meio da tarde, por volta de umas 16h. Posso dizer que o efeito bem matte durou umas 9h ,mais ou menos, no meu rosto.

Eu já acho bem bom ter o resultado de deixar a pele matte, mas sigo buscando algum que deixe os poros menos aparentes e que não custe muito caro. Comprei depois desse, mais dois primers para testar e assim que tiver opinião formada sobre eles, trago por aqui.

Outro ponto negativo que encontrei foi que ele vai ressecando com o tempo, não a ponto de não conseguir aplicar, mas ele fica mais firme e tem que aplicar com cuidado pra não deixar o rosto vermelho. Custou R$ 39,90 em uma farmácia de Porto Alegre, mas tem para vender em lojas de cosméticos e farmácias de todo país e também online.

Eu adoro os produtos da marca, mas desse eu não gostei tanto assim. Só pra matificar a pele mesmo. Talvez funcione melhor para quem tem poros menos abertos.

Até a próxima!

Resenha: RMC Gold Black Amend (azul)

Post por em Cabelos

Eu andei tentando tirar o preto dos cabelos uns meses atrás, de vez em  quando me dá uma vontade de louca, mas acho que o cabelo preto é quem me faz feliz mesmo, então, vou ficar com ele assim. Mas nessas idas e vindas, eu fiquei com o cabelo muito elástico e antes que ele tivesse um novo corte químico igual ao ano passado, eu resolvi agir e lembrei de uma preciosa dica da minha mãe (que saudade dela!), que usei lá no começo do blog e foi uma das minhas primeiras resenhas.

O kit que falei no começo do blog foi o vermelho da RMC e hoje vou falar do azul o Gold Black RMC da Amend, que repõe não só a massa perdida no cabelo, como também queratina. Era esse mesmo ou eu ia ficar com o cabelo curtinho de novo e todo rebentado. Fui na perfumaria e comprei o kit. Paguei R$ 120 e saí de lá esperançosa em poder pentear meu cabelo sem ele ficar todo na minha mão. Afinal, esse kit repõe cerca de 90% da massa perdida do cabelo e eu já estava desesperada.

O que eu achei desde a primeira aplicação até hoje (dois meses e meio depois)

Desde a primeira utilização já notei a diferença, os cabelos da parte de trás da cabeça já não ficaram mais elásticos. Depois, na outra semana, foram os cabelos das laterias da cabeça que melhoraram e as pontas também. Já estou usando semanalmente e a única parte que ainda resiste um pouco elástica é a minha franja. Acho que foi a parte que danificou mais mesmo, e é a frente do cabelo que recebe o sol e as maiores agressões de chapinha, secador e tudo quanto é processo químico que a gente faz.

Se nada resolver o caso da minha franja , vai ser a tesoura mesmo que irá me ajudar nessa tarefa, terei que cortá-la. Se tem uma coisa que aprendi com o blog nesses 10 anos, foi  que antes um cabelo um pouco mais curto (pra crescer saudável) do que um mais longo e elástico.

Sobre o kit:

O kit RMC Gold Black  vem com um shampoo, uma máscara e o leave-in, esse último, para  para ter a ação mais completa, deve ser ativado pelo secador. Mas ele é tão bom, que tem dias que uso normal mesmo, mas daí o cabelo e principalmente as pontas fica mais rígidas e com aparência de cabelo de plástico. Daí só uso junto com todo o sistema, apenas uma vez na semana.

Princípios Ativos: Queratina Hidrolisada e Bioativo Positivo.

Esse é um kit para reconstrução dos fios, que foram severamente danificados, o que eu sempre faço com meus fios nessa ânsia de mudar de cor de cabelo. Mas estou tentando deixar o cabelo crescer de novo, sem nada de química a não ser coloração, porque não quero meus cabelos brancos aparecendo. Ainda não, pelo menos.

Composição Shampoo:
Aqua, Ammonium Lauryl Sulfate, Cocamide DEA, Ammonium Laureth Sulfate, PEG-150 Pentaerythrityl Tetrastearate, PEG-6 Caprylic / Capric Glycerides, Glycol Distearate, Parfum, Dimethicone, Glycerin, Guar Hydroxypropyltrimonium Chloride, Coco-Glucoside, Amodimethicone, Hydrolyzed Keratin, Glyceryl Oleate, Glyceryl Stearate, Citric Acid, Butylphenyl Methylpropional, Isocetyl Alcohol, Quaternium-70, Linalool, C11-15 Pareth-7, Hexyl Cinnamal, Laureth-4, Laureth-23, Laureth-9, Glycerin, Trideceth-12, Hydroxyethyl Cetearamidopropyldimonium Chloride, Behenyl Alcohol, Cetearyl Alcohol, Propylene Glycol, Disodium Lauriminodipropionate Tocopheryl Phosphates, Dimethylpabamidopropyl Laurdimonium Tosylate, Benzophenone-3, Benzoic Acid, C12-14 SEC-Pareth-7, C12-14 SEC-Pareth-5, Lauroyl Lysine, Glycine, Acetyl Cysteine, Arginine HCL, Salicylic Acid, Methylchloroisothiazolinone / Methylisothiazolinone, Methylparaben

Composição Máscara Repositora de Massa:
Aqua, Cetearyl Alcohol, Helianthus Annuus Seed Oil, Glycerin, Cyclomethicone, Behentrimonium Methosulfate, Cetrimonium Chloride, Parfum, Corylus Avellana Seed Oil, Isocetyl Alcohol, Quaternium-70, Amodimethicone, Disodium EDTA, Hydrolyzed Keratin, Hydroxyethyl Cetearamidopropyldimonium Chloride, Behenyl Alcohol, Propylene Glycol, Disodium Lauriminodipropionate Tocopheryl Phosphates, Dimethylpabamidopropyl Laurdimonium Tosylate, Benzophenone-3, Butylphenyl Methylpropional, BHT, Linalool, Hexyl Cinnamal, C11-15 Pareth-7, C12-14 Sec-Pareth-7, C12-14 Sec-Pareth-5, Lauroyl Lysine, Glycine, Acetyl Cysteine, Arginine HCL, Laureth-9, Trideceth-12, Benzyl Alcohol, Methylchloroisothiazolinone / Methylisothiazolinone.

Composição Defrizante Protetor Pós- Reposição:
Aqua, Helianthus Annuus Seed Oil, Cetearyl Alcohol, Phenyl Trimethicone, Behentrimonium Methosulfate, Cetrimonium Chloride, Parfum, Polyquaternium -55, Glycerin, Amodimethicone, Hydrolyzed Keratin, BHT, Disodium EDTA, Butylphenyl Methylpropional, Isocetyl Alcohol, Quaternium-70, Hexyl Cinnamal, C11-15 Pareth-7, Laureth-9, Trideceth-12, Hydroxyethyl Cetearamidopropyldimonium Chloride, Behenyl Alcohol, Propylene Glycol, Disodium Lauriminodipropionate Tocopheryl Phosphates, Dimethylpabamidopropyl Laurdimonium Tosylate, Benzophenone-3, Benzyl Alcohol, Alpha-Isomethyl Ionone, Geraniol, Linalool, d-Limonene, Citronellol, C12-14 Sec-Pareth-7, C12-14 SEC-Pareth-5, Lauroyl Lysine, Glycine, Acetyl Cysteine, Arginine HCL, Methylchloroisothiazolinone /Methylisothiazolinone.

Na caixinha do produto, informa que quem desejar, pode passar a chapinha depois de fazer todo o processo,mas eu optei por não passar porque meu cabelo estava muito danificado e a tração da chapinha com calor, ia fazer ele quebrar e aí desisti. Só secador mesmo.

Há meninas que usaram e que dizem que melhor produto para tentar evitar corte químico não há e eu venho aqui no blog dizer que acho o mesmo. Minha máscara já passou da metade, ela é o item que mais  se gasta e o shampoo e o leave-in duram mais. Normalmente o preço só da máscara é R$ 65 em alguns sites e lojas e dá pra comprar separado, mas pra ter o efeito certinho, só usando o sistema todo mesmo, tá!?

Perfumes fresquinhos para todo dia

Aquelas leitoras que acompanham o blog há mais tempo, sabem que meu tipo de perfume preferido é o amadeirado, né? Mas diariamente eu uso também perfumes mais frescos e o pessoal acaba perguntando quais são, e eu falar de alguns. Hoje vou falar sobre   os d’O Boticário. Outro dia falo de Natura e outras marcas.

Eu sei que perfume é uma coisa muito pessoal, cada um gosta de um tipo de fragrância e nem todo mundo gosta de perfumes mais fraquinhos. Eu confesso que só uso durante o dia. Para a noite, gosto dos marcantes.

O Cecita é um perfume bem característico, quando a gente usa todo mundo sabe qual é. Uns dizem que tem cherinho de vó, mas eu amo igual!

Já o Thaty, lembra o frescor da minha adolescência e eu ganhei meu primeiro frasco aos 15 anos. Hoje quase 20 anos depois, ainda não abro mão de sempre ter um frasco dele.

O Floratta In Blue é o mais suave da linha Floratta e para o dia a dia é bem discreto e passa quase despercebido. Pra saber que tu está usando perfume, a pessoa tem que chegar bem perto.

Aqua Fresca é um amor eterno, e tem gente que diz que parece perfume caro. Mas não é, o grandão custa menos de R$ 100! Adoro e tinha um rapaz no serviço do meu marido que dizia que sabia quando era eu que chegava porque no vento vinha o meu perfume. E era o Aqua Fresca. Teve um período que mesmo tendo vários, só usei ele!

Já o Insensatez é um queridão meu, que voltou às lojas faz pouco tempo e na mesma semana que retornou, eu corri para comprar! Dizem que ele é a versão brasuca do CK One da Calvin Klein! Vou confessar que eu também acho!

Vocês gostam de perfumes fresquinhos? Ah, vale ressaltar que neste post, nenhum dos perfumes custa mais do que R$ 100,tá! E quase todos são bem grandinhos, com 100 ml ou mais!

Corretivos Ruby Rose: amarelo e salmão

Uma coisa que sempre me incomodou muito foram as minhas olheiras. Por ter aquele afundamento na região (que com o preenchimento foi corrigido), as minhas olheiras pareciam ainda mais escuras. Por conta disso, as pessoas sempre perguntavam se eu estava com sono, se estava cansada, mas eram só as minhas olheiras que me deixavam sempre com cara de cansada e não tinha Dermablend e nem Dermacol que dessem jeito.

Minha irmã me sugeriu testar os corretivos da Ruby Rose, que apesar de baratos, são bem bons e práticos de usar, já que meus outros corretivos amarelos foram secando com o tempo e eu não tenho mais. Na dúvida, ela me trouxe um amarelo e um salmão, para ver qual ficaria melhor.

O amarelo serve para neutralizar olheiras azuladas e roxas, que é mais o meu caso. Deu um bom efeito, mas sozinho não fez milagre. Tive que passar corretivo do meu tom de pele para dar uma cobertura melhor.Ele é bom para espalhar com facilidade e o tom amarelo é bem vivo, conforme podem ver na foto.

Já o salmão, serve para corrigir as olheiras com fundo marrom, o que não é meu caso. Achei o tom meio clarinho e não fez diferença nas minhas olheiras e eu teria que testar em alguém com as olheiras de tom mais castanho. Alguma de vocês já usou esse?

O preço de cada um deles foi de R$ 15, enquanto eu pago R$ 12 pelos de tom de pele (com suas variações de cor). Acho o preço ótimo e a qualidade bem além do que se paga. Experimentar os corretivos da Ruby Rose fez com que eu quisesse conhecer outros produtos da marca, então, em breve tem resenha da base, pó e dos corretivos da linha regular.