Tag: dailus

Unhas: Suspiro Pink da Dailus

Fazia um tempinho que eu não usava esmalte rosa, né? Quem me acompanha no Instagram @shampoodelaranja deve ter notado isso. Tinha bastante cor escura, como preto e cinza ou acabava ficando na cartela dos nudes. Mas sempre com glitter. Nessa semana, escolhi um esmalte da Dailus, que é do Ateliê onde faço unhas com a Cindy.

É um rosa escuro, mais fechado, mas é rosa e não vermelho e nem vinho. Dá bem pra distinguir das demais cores. Estou  bem surpresa com a qualidade do esmalte, pois é bem pigmentado, e só precisamos passar uma camada de esmalte nas unhas.

unhas

O nome da cor é Suspiro Pink. Esse foi o primeiro esmalte da Dailus que usei e agora, também vou incluir na lista de marcas queridinhas para usar, pois a qualidade é bem bacana.

Ah, devem ter estranhado as unhas curtas depois do alongamento, né? Pedi pra Cindy cortar e decidimos que manteríamos o acrílico do tamanho das minhas naturais por um tempo, pois vamos fazer só banho de acrílico agora para minhas unhas ficarem mais resistentes. Na semana que vem, tenho que fazer manutenção e mostro pra vocês tudo por aqui.

Gostaram da cor?

Resenha: Batom Dailus Pro

Virou novamente uma febre e estão todos falando dos batons líquidos da Dailus. Eu adquiri dois: o Arabesque e o Balance.

IMG_4325

FullSizeRender (8)

Não tem foto do Arabesque porque sinceridade? Comigo não funcionou! Esfarelou na boca, foi difícil de passar e passei pra uma amiga que também não curtiu.

Já o Balance, gente, que cor é essa? LINDO DE VIVER. Um vermelho bem vibrante e parecido com o meu amado Ruby woo.

IMG_4327

Mas tem o mesmo problema do Arabesque e temos que ser honestas! É difícil de passar sim! Primeiro passa uma camada, espera secar bem, ai passa a segunda.. E mancha caso borre. Sim, há transferência, e em alguns casos esfarelam.

IMG_4337

Mas sejamos justas: pelo custo x benefício, acredito que valha sim a pena adquirir o novo queridinho BBB (bom, bonito e barato). Vou adquirir mais uns essa semana e já  mostro!

E vocês o que acharam?

Beijos, Nanda Biazetto