Tag: dicas

Panda Eyes – Olheiras, Causas e Combate

Post por em Pele

Tenho uma boa e uma má notícia em relação à olheiras.

A boa é que dá para amenizar e disfarçar bastante, com alguns produtos e/ou tratamentos.

A má é que as olheiras mais persistentes têm origem genética, ou seja, é aquele tipo de herança que a gente gostaria de devolver, mas não aceitam devolução…

As Olheiras

Olheiras são áreas escurecidas, sombreadas, localizadas na região em torno dos olhos – inclusive pálpebras.

A pele nesse local é muito fina, o que dá impressão de transparência. Com a circulação sanguinea local, a região ganha coloração que vai do azulado ao castanho, dependendo do tom da pele de cada pessoa.

Por diversas razões a circulação na área dos olhos pode ser deficiente (cansaço, problemas orgânicos, alimentação pobre em alguns nutrientes) e junto com a espessura da pele, que é uma caracteristica pessoal, essa é a equação que define a intensidade das olheiras.

Com o passar dos anos a flacidez começa a dar sinais também na região dos olhos e os vasos sanguineos ficam mais volumosos. O resultado? Olheiras em evidência.

Combate

Quem dá as dicas é a Dra. Valéria Campos*: (minha dermato, obrigada, Dra!)

Luz Pulsada – uma solução para olheiras permanentes é a Luz Pulsada, que pode atuar no sistema vascular ou na pigmentação da pele. A luz pulsada emite um feixe de luz que é atraído pela cor da região escura  e provoca a fragmentação do pigmento, clareando a pele.

Este tipo de tratamento requer de 4 a 5 sessões e pode provocar vermelhidão e inchaço no local de 3 a 4 dias. Durante esse período é importante evitar exposição solar para evitar manchas na pele.

Cremes – atuam na drenagem local e melhoram a vasodilatação venosa, como é o caso de produtos com bioflavanóides (rutina, benzopironas, escina). Seus princípios ativos aumentam o tônus venoso e com isso diminuem a dilatação, já que atuam na microcirculação sanguínea.

Peeling -os ácidos promovem uma esfoliação suave da região com clareamento, porém esse tipo de tratamento é restrito, dependendo da avaliação criteriosa de um médico para evitar manchas ou quaisquer complicações. Em uma versão menos abrasiva, podem ser usados produtos despigmentantes que removem o pigmento escurecido; como o ácido kójico, fítico, hidroquinona ou aqua licorice.

Carboxiterapia– pela enetração subcutânea de gás CO2 (dióxido de carbono), há aumento das trocas de oxigênio no local que melhora a irrigação e nutrição celular, além do fato que o descolamento físico promovido pelo gás estimula a formação de novas fibras de colágeno, o que melhora a flacidez da pele. São necessárias de 5 a 8 sessões semanais e normalmente a região fica inchada e com hematomas.

Camuflagem

Vai que você é uma dessas sortudas que não tem olheiras permanentes e elas aparecem apenas depois de alguns excessos alimentares (e bebementares) e uma noite mal dormida. Maquiagem nelas!

Existem várias dicas nesse sentido e você deve escolher de acordo com a intensidade das suas olheiras e o material que tem disponível.

Cada tom de olheira reage melhor ao disfarce se usarmos cores que neutralizam sua base. Por exemplo, se sua olheira é arroxeada, procure corretivos com tons amarelados (pode ser bege, mas puxando pro amarelo). Se a olheira for castanha ou amarelada, procure corretivos rosados/roxos. Se a região estiver vermelha, corretivo verde é vida!

Aplique  produto sobre a olheira e dê tapinhas suaves com a ponta dos depois para que ele fixe bem na pele. Depois que você usou o tom para neutralizar, aplique base da sua cor normal, em toda a face.

Se depois disso ainda houver algum ponto que se destaque escurecido, aplique corretivo da cor da sua pele apenas no local.

Toque de amiga: muitas meninas pensam que têm olheiras, quando, na verdade, o que existe ali é apenas a diferença normal na tonalidade da pele da face. Com raríssimas exceções, as pessoas não têm apenas um tom de pele no rosto. Cantinhos e dobrinhas tendem a ser mais avermelhados; a região do buço às vezes é castigada pelo sol (o protetor solar sempre sai primeiro ali…) e até mesmo a depilação deixa a área mais exposta.

Nesses casos, um corretivo bem escolhido para o tom da sua pele basta. Se você deve usá-lo antes ou depois da base, depende do corretivo e da cobertura que você deseja. Aliás, corretivo é um dos poucos produtos que desaconselho comprar pela internet. pelo menos até você ter certeza do tom certinho que funciona em sua pele. O risco de errar é grande; não só na cor, mas no tipo de cobertura (média ou ampla) e textura. Ninguém quer sair craquelada por aí, né? Por isso o ideal é testar na loja, dar uma voltinha, ver como ele se comporta e só depois efetuar a compra.


*Dra. Valéria Campos, Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica; Membro da Sociedade Americana de Laser em Medicina e Cirurgia; Membro da Sociedade Brasileira de Laser; Membro do Comitê Editorial Internacional da Revista Dermatologia & Cosmética da Espanha.

Amor em frasco!

Sou uma apaixonada por perfumes. Sempre que possível, compro um para aumentar minha pequena coleção de fragrâncias. O que me leva a comprar perfumes não é marca, não é o preço e sim,a sensação que eles me trazem à mente na hora em que eu sinto o cheiro, ainda no frasco.

O meu mais novo queridinho chama-se Amor Amor, da Cacharel. Simplesmente apaixonante!

Segundo a marca, a descrição deste EDT é :

“Floral frutal adocicado para se saborear. Suas notas combinam tangerina, cereja preta, jasmim de quatro pétalas da Indonésia, lírio-do-vale, almíscar branco e âmbar cinza. Para a mulher moderna, bonita, que gosta de novidades e de celebrar o humor. A composição olfativa de Amor Amor foi criada para responder aos princípios do amor à primeira vista: imediato, vivo e energizante. ”

E apesar de ser um Eau de Toilette, ele tem uma duração ótima, em torno de 8h bem marcante e depois, mais suave nas roupas. Adoro quando o perfume fica nas minhas roupas!

Não tem como definir este perfume com outra palavra que não seja ‘amor’.É intenso, marcante, feminino. Não há quem não pergunte  o nome ou quem não reconheça o cheiro (se já o conhece) quando a gente usa.

Inesquecível. Super indico!

Alguém aí já sentiu ou já usou Amor Amor?

Minha próxima compra ‘perfumística‘ será o Amor Amor Tentation., que está até mais barato aqui do que a versão original. Está em promoção,oba! #consumistafeelings

Vocês tem algum perfume na wishlist?  Qual?

Cuidar da Pele – Quando Começar?

Post por em Pele

Pré – S. da Vivi: não tem como começar esse post sem agradecer a oportunidade de estar aqui! Obrigada, Pri, Kah e Leitoras do Shampoo, por me receberem na sua casa!

Algumas de vocês já me conhecem, outras, não, mas o que importa mesmo é que todas saibam que a intenção dessa coluna é trazer para vocês todo tipo de informação relacionada à Pele. Produtinhos, tratamentos, probleminhas; cabeça, tronco e membros: qualquer dúvida ou curiosidade é só mandar pra cá. Não sou especialista em nada, mas conheço muita gente boa que é! (rsrs)

A grande verdade é que sou apaixonada pelo assunto, o que facilita muito a pesquisa e a transmissão de infos pra vocês. Estou à disposição, tá?

Vamos lá!

  • Quando começar a cuidar da pele?

Até bem pouco tempo, as recomendações sugeriam que os 25 anos seria o momento inicial para esse tipo de preocupação.

Felizmente muitos conceitos foram revistos e hoje já existe o consenso que o melhor tratamento é aquele que começa com a prevenção. Ou seja, a proteção contra os danos causados pela radiação é o principal conselho para ter e manter a pele saudável por mais tempo.

Como a maior parte dos protetores solares têm indicação de uso a partir dos seis meses de idade, taí a resposta: o cuidado com a pele começa desde sempre!

Acreditem, não é exagero, infelizmente. Prova disso é um teste simples, que você pode fazer agora mesmo. Primeiro observe a coloração e textura da pele do seu antebraço. Agora dê uma olhada na pele da sua barriga. Sentiu o baque da diferença?

Claro que existem variáveis ente essas regiões, como a quantidade de células gordurosas, por exemplo. Mas em geral a diferença é gritante principalmente em relação a coloração. Barriguinhas costumam ser imaculadas, como a face dos bebês, enquanto nosso antebraço, àrea muito mais exposta, é mais rígida e pigmentada. Ora, a pele é um único orgão, por que tantas diferenças de pigmentação e textura? A exposição à luz é a principal responsável.

  • Raios!

Por definição:

  • Raio UVB – atinge a pele superficialmente, causando vermelhidão e queimaduras. Sua intensidade varia de acordo com a estação do ano e a altitude do local em que nos encontramos geograficamente.
  • Raio UVA – atinge camadas mais profundas da pele. É o responsável pelo envelhecimento precoce, manchas e câncer de pele.

  • Fator de Proteção Solar

O FPS é a nomenclatura padrão utilizada para medir os raios UVB. Portanto, o índice de FPS determina o quanto uma pessoa está protegida de queimaduras solares decorrentes de exposição à radiação.

A proteção contra os raios UVA tem como parâmetro a medida PPD e não há obrigatoriedade de divulgação dessa informação na legislação de muitos países. No Brasil, alguns fabricantes divulgam, outros, não.

O melhor é sempre escolher um protetor solar de amplo espectro, que garanta proteção contra os dois tipos de radiação.

  • Precisa usar protetor todo dia, na rua, na chuva, na fazenda ou numa casinha de sapê?

Siiim! Vários estudos já publicados mostraram que algumas superfícies refletem luz solar (ou artificial) e potencializam a ação da radiação. Vejam que roubada:

– neve (85%);

– áreas planas pintadas de branco ou superfícies asfaltadas (70%)

– areia branca (25%)

Além disso, já sabíamos que a água também permite a entrada e reflexão dos raios, assim como roupas claras e tecidos de “trama larga” ou furadinhos.

O dia está nublado? Não se engane! Mesmo no chamado “mormaço” a incidência dos raios pode chegar a 80%. Se você não estiver minimamente protegida, é dano na certa!

Mantra

Use protetor solar.

Sempre, sempre, sempre. Não importa sua idade ou se nunca usou; nunca é tarde para começar a se cuidar. A pele que você terá aos 70 anos será o reflexo de sua atenção hoje.

Para o rosto, protetores oil free e toque seco caem bem pra todo mundo. Para o corpo, loções e leites são absorvidos rapidamente e não grudam nas roupas.

Para praia e piscina, invista em texturas mais densas e cremosas. Elas resistem melhor ao atrito com areia, pedras e mergulhos.

UPDATE: Guia sobre protetores solares aqui.

Fiquem bem, fiquem lindas e até semana que vem!

dúvidas e sugestões:

mandem pra Pri que ela me encaminha e eu publico aqui as respostas.

www.poptopic.com.br

Testei: Serum Bye-Bye Celulite

Oi gurias!

Eu já havia testado o Bye-Bye celulite da Nívea e não achei tudo aquilo, não. Na verdade, esses produtos ajudam  apenas a melhorar a aparência da pele com celulite e existe muita coisa que não funciona no mercado.

Como a Nívea lançou a versão Bye -Bye Celulite  Serum , que promete reduzir visivelmente em 10 dias, resolvi testar.
O produto tem uma consistência amarela, gelatinosa e é bem geladinho. O frasco é pequeno, mas com um sistema de dosagem maravilhoso, que evita o desperdício.

Eu apliquei com massagem circular e o resultado é imediato. Não é milagre não, mas algum dos componentes da fórmula parece que amacia a pele e deixa a aparência bem melhor. A celulite continua lá, mas os furinhos ficam bem menos aparentes. Na parte de trás das coxas, onde tenho mais celulite, pedi ajuda para o marido para aplicar e ele mesmo comentou que o produto era bom, que diminui o ‘relevo’ da pele.


Durou cerca de 30 dias um frasquinho. Tem na Panvel pra vender e o preço médio é de R$ 45. Dentre os produtos para celulite (que realmente fazem algum efeito) é o mais barato que conheço. Os demais, passam de R$ 100.

Como eu disse, não é milagre e nem  mágica, ele só deixa a pele com menos relevo e isso pra mim já ajuda e muito, já que a celulite só é realmente tratada com tratamentos que não cabem no meu bolso por enquanto.

Espero que gostem da dica, gurias!