Tag: Gramado

Pri Por Aí: Pizzaria Temática Cara de Mau- Gramado/RS

1de98c20e6122e4c820991f4d063181c_LSe tem uma cidade que eu sou apaixonada, é Gramado. Se eu tivesse como, juro que me mudava pra lá, sem titubear! Então, é normal que uma vês por mês, eu vá passear por lá, ir em lugares que ainda não fui ou visitar os que gostei. No início do mês de Março , fui novamente e aproveitei para ir na famosa Pizzaria Cara de Mau, que é temática, tem piratas e o interior lembra um navio.

As pessoas me falavam super bem dela, mas os comentários em sites se dividiam entre positivos e negativos, ainda assim, resolvi tirar minhas próprias conclusões. Chegamos às 21h e damos o nome na portaria. Era um sábado e estava cheio, tinha fila de espera. Até aí normal, eu já sabia que era bem movimentado e que se esperava até 2h na fila. Dei meu nome e fui dar uma volta nas lojas e voltei depois. 1h15 após dar o nome fomos chamados a entrar. É bem organizado o sistema de reservas da entrada, achei bem interessante.

20170311_220650

Na entrada, já achei o lugar bonito, tudo lembra um navio, e os sofás para sentar em volta das mesas são bem confortáveis. Rapidamente vem um garçom com roupas de pirata (todos usam!) e nos explica como funciona a pizzaria, que atende sistema de rodízio. Um pequeno barril fica em cima da mesa, onde se vira um lado e aparece  “pizza salgada” e do outro “pizza doce”, assim facilita os garçons virem servindo as mesas.

As pizzas são boas?

Li no Trip Advisor que eles tinham 63 sabores de pizzas, mas nas duas horas em que fiquei lá dentro, não passou mais de 06 sabores na minha mesa. Foi bem demorado o intervalo entre uma pizza e outra, o que achei bem ruim, dado o valor alto do rodízio.Já dos recheios, achei as pizzas bem recheadas, de modo geral. Comi 5 fatias nesse intervalo de tempo e achei ‘ok’. Nada demais, em relação a outras pizzarias boas que já frequentei.

Pizzas simples como strogonoff, frango com catupiry e calabresa não passaram pela nossa mesa.  Vieram duas outras variações de frango, milho, acho que camarão e duas doces. Elas vinham outras vezes. Mesmos sabores.

E o atendimento?

O que mais passou na mesa e que eu acho de fato constrangedor, é o caneco de gorjetas, que um dos garçons passa colocando em cada mesa, e quando alguém dá gorjeta, ele grita o nome da cidade da pessoa que deu e todos os piratas comemoram. Essa gorjeta é opcional, mas ficar vindo na mesa de 15 em 15 minutos com o caneco é incômodo e constrangedor.

Os garçons são bem atenciosos, trazem a bebida rapidamente e eu acabei virando refrigerante na mesa e prontamente o moço resolveu tudo. Trocam os pratos e garfos com bastante agilidade e como são vários, é bem rapidinho para virem na mesa quando solicitados.

20170311_234705

O ambiente

Lá é bem animado, a luz baixa com música animada e o show à parte fica por conta do Jack Sparrow, e o ator contratado além de parecido com o do filme, encarna o personagem e seus trejeitos o tempo todo. Muito gentil, passa de mesa em mesa, tirando fotos com adultos e crianças e dança bastante na hora da “balada do Pirata” que é a hora mais animada da Pizzaria, certamente.

O preço

O rodízio por pessoa custa R$ 63,00 e com as bebidas, minha conta e a do marido ficou em R$ 180. Não lembro se cobraram dez por cento, mas acho que sim. Eu não dei dinheiro na caneca da gorjeta, pois achei muito invasivo aquela caneca passando na minha mesa mais do que as pizzas.

Se eu voltaria? Sim. Pra ver se tenho uma percepção diferente, se vejo outros sabores de pizza e se sou melhor servida. Achei muito cara pelo que deixa de oferecer.  Fiquei desapontada.

E vocês, já estiveram por lá? O que acharam?

Dica de hotel em Gramado: Sky

Post por em Moda

No feriado do dia 2,eu quis dar uma passeada. Temos ido bastante à Gramado porque a distancia é curta, dá umas duas horas de viagem e é uma cidade linda e repleta de coisas pra fazer. Cada vez que vou lá, faço uma atividade diferente, visito com calma algum lugar que não fui ainda. Dessa vez, resolvemos ir no dia 1 após o trabalho e ficamos em um hotel chamado Sky. Fazia um tempo que eu queria conhecer e tinha uma promoção muito bacana no Booking. Reservei e fui junto com o marido.

14889720_678327522345310_2246980635774308183_o

O hotel é lindo e imponente, com arquitetura enxaimel, e é enorme. Junto dele ainda tem uma casa de sopas e um restaurante que serve foundue.

A recepção é bastante atenciosa e tem manobrista, que rapidamente traz e leva o carro quando precisamos sair ou usar o carro para qualquer deslocamento. O estacionamento é pequeno para tantos carros, pois o hotel é grande, mas os manobristas se resolvem bem, porque as vagas são pequenas. Isso não é problema, definitivamente.

14917128_678354652342597_6716547464379436941_o

O quarto

O quarto onde fiquei era bem amplo, com uma cama bem confortável e banheiro idem. Tinha armário para guardar as roupas, frigobar, sofá e também uma escrivaninha para caso desejasse usar.

14918808_678354615675934_378120820624840899_o

14889995_678354589009270_2890871993548595243_o

Durante a noite, mesmo após as 22h 30, tivemos problemas com barulhos no andar, alguns hóspedes não paravam de fazer barulho no corredor e não respeitaram os demais, acho que isso é o problema do hotel ser grande e não ter controle sobre isso no andar. Esperamos para ver se diminuíam os barulhos, mas como não cessaram, entrei em contato com a recepção, que em cinco minutos me trocou rapidamente de quarto, com uma agilidade indescritível. Nos colocaram em outra ala do hotel, em um quarto um pouco menor, mas igualmente confortável e charmoso. Daí em diante, foi uma noite muito tranquila e agradável.

14900411_678327222345340_7131602481480810676_n

Café Colonial

O café da manhã (incluso na diária) é um espetáculo à parte, pois é o famoso “café colonial” de Gramado e tem mais de 80 variedades de pães, salgados, bolos e tortas e mais frutas e frios. Já quanto às bebidas, tem iogurte, achocolatado, sucos, cafés, chás. Tem que tomar café com tempo, para poder curtir pelo menos um pouco do lugar. A sala de café é grande e as louças são de fácil acesso para as trocas que se fazem necessárias mediante tanta comida saborosa junta.

Comodidades

No hall de entrada, tem sempre um guia turístico de plantão, pra sugerir passeios, rotas e serviços para os turistas, tudo bem personalizado, de acordo com o que a pessoa quer conhecer e pode gastar. A localização do hotel é privilegiada, fica bem perto do Mini Mundo, e à pé, dá pra chegar no centro de Gramado em dez minutos. De carro, o tempo reduz mais ainda.

O check-out é bem ágil, o valor das bebidas do frigobar não é absurdo e o hotel cobra taxa de serviço de 10%, que de tão bem atendida que fui, nem me importei de pagar.

Fica a dica de um hotel bem bacana pra quando forem visitar Gramado, vale cada centavo. Vou ir trazendo mais dicas de lugares, como sempre faço nas minhas andanças por aí. Adoraria voltar lá pra ver o Natal Luz, mas tenho que ver se vai ter quarto disponível no hotel ainda. Meu marido adorou, ficou encantado!

Espero que gostem do meu relato!

Snowland, a decepção em Gramado

Post por em Moda

Eu e o marido gostamos de ir a Gramado, mesmo já conhecendo quase tudo por lá. Mas neste ano, quis ir comemorar nosso aniversário de casamento no dia 12 de Janeiro e sugeri um passeio no Snowland, a montanha de Neve.

Chegando lá, é como se fosse um frigorífico grande, com estacionamento lotado já na abertura do parque, que foi as dez horas. Tivemos que colocar no estacionamento ao lado, que custou R$ 15. Tudo normal, caminhamos um pouquinho e chegamos. Na entrada, vimos 4 filas gigantes e perguntamos se era ali mesmo que comprava as entradas. Ao recebermos resposta positiva, ficamos em uma fila e esperamos por uma hora para entrar. Sim, uma hora no calor escaldante. Ninguém agiliza nada.

snowland

Filas gigantes de uma hora para entrar e formulário de isenção para acidentes

Para entrar, cada pessoa preenche um formulário isentando o Snowland de qualquer coisa caso você se mate lá dentro ou se machuque. Que fique claro que eles alugam equipamentos, mas ninguém te ensina a usar, a menos que você pague e consiga horário para agendar as tais aulas. os instrutores ainda avisam que se você chegar cedo, antes das nove e do parque abrir, pode ser que consiga horário para agendar!

A entrada com passaporte para a tal montanha de gelo e mais um dois brinquedos, custa R$ 99. Nenhum  problema, se você pudesse entrar no lugar sem enfrentar filas monstruosas (de mais de duas horas antes de entrar na montanha e de mais uma hora lá dentro) para brincar em um gelo duro, que em nenhum momento lembra neve.

Brincamos no simulador de esqui, que foi a única parte legal, já que o simulador 7D é patético e é apenas uma estrutura que balança e libera bolas de sabão. Que fique registrado que os instrutores dessas duas atrações são ótimos, prestativos e bem animados. Ponto pra eles que pareceram ser os únicos que trabalham com vontade no parque!

IMG_20160112_130001007

E como é para comer lá dentro?

Já para almoçar, não existe comida saudável lá. e os preços são absurdos, pois você tem que comer lá dentro. Não pode sair e voltar, então tem que comer lá dentro mesmo. Tem como opção um sanduba estilo Big Mac  para comer por R$ 39, cachorro quente por R$ 35 ou uma massa lavada com molho de carne de segunda (minha opção) por R$ 28. Sim,  esses dois pratinhos aí de papel, mais duas latas de suco foram  quase R$ 70. Não reclamo do valor, pois estamos carecas de ir a Gramado e sabemos que tudo é caro lá, mas não entendo as pessoas esconderem a real do parque.

Lotação e saídas de emergência

Certamente, tinha mais de mil pessoas simultaneamente lá dentro, em plena terça feira e eles não limitam. Vai chegando gente, entrando e entrando cada vez mais. Aliás, se desse um incêndio lá dentro não sei se sobraria alguém vivo. PPCI de lá deve ter sido feito na época em que não se  exigia tanta coisa, pois vi umas três portas corta fogo e ainda estreitas pra este monte de gente. Se tiver mais, me desculpem, mas não tem como tanta gente fugir de lá se der problema. Não existe a possibilidade.

IMG_20160112_123354545 (1)

A fila na pista de patinação dá voltas em torno dela, e patina gente com short, com calça, correndo risco de se machucar e até se cortar. Há os que patinam certinho, mas há os que caem e não conseguem sequer ficar em pé. Recebem ajuda? Não. É um total descaso.

Li tanto a respeito desse parque e algumas pessoas até falam a verdade em sites como Trip Advisor, mas são acuadas pelas opiniões de quem vem de fora e acha que é normal pagar caro para não ter segurança  e enfrentar filas gigantes e funcionários mal preparados. Meu dinheiro não é melhor que o seu, nem de ninguém, mas eu dou valor para meu suado dinheiro e não aceito qualquer coisa. Não preciso ser tratada como rainha, mas dignidade é essencial.

IMG_20160112_130953327 IMG_20160112_130946863

Essa lotação da montanha (parcial , porque entrou mais gente) condiz com a imagem do parque que você encontra na internet?

E aos que falaram pra eu ir, que era bom, obrigada pela bela porcaria! Se eu puder indicar para ninguém o local, assim farei. Eu falo a verdade e não vou fingir que é maravilhoso só porque é em Gramado.

Snowland, sugiro que melhore. também sugiro que limite o número de pessoas dentro do parque, visando não só o lucro, mas também o conforto de seus frequentadores. Paguei R$ 100 pra entrar nos dois simuladores e não me atrevi a enfrentar filas gigantes para fazer outras atividades. Não existe diversão onde as pessoas tem que se estressar para entrar em um lugar.

Me senti lesada. Muito lesada. E meu conselho é que não vão ao Snowland.

Beijocas.

SL visita: Mundo Gelado em Canela

Post por em cultura

Tenho ido dar uma volta pra passear em Gramado, aqui na serra gaúcha, pelo menos uma vez ao ano. É uma cidade bonita, com alguns lugares turísticos e aproveitei também pra ir em Canela, que fica ao lado e também tem vários lugares legais pra visitar. Aos poucos vou contando sobre as visitas.

DSCN1085

DSCN1065

Comprei 2 ingressos para o Mundo Gelado em um site de compras coletivas e paguei R$ 11,90 por cada um deles. Na hora, sem nenhum cupom, o ingresso sai R$ 25,00. O Mundo Gelado fica na Estrada do Caracol em Canela e é bem fácil de achar.

DSCN1081

DSCN1082

Chegando lá, vi que o lugar é pequeno, mas bem decorado. Na entrada, já sinto o ar condicionado gelado dando indícios do frio que viria pela frente. Depois quando o atendente nos chama, é hora de colocar um casaco grosso que é fornecido pelo local e também luvas bem grossas. O frio dentro do Mundo Gelado oscila entre -10C e -20C.

Eles colocam um vídeo breve para contar a história do lugar  e é hora de entrar. O frio lá dentro é seco, nos dois primeiros minutos senti dificuldade pra respirar, mas depois foi ficando normal. É que na rua, tinha um sol quente e o calor passava dos 30 graus e lá dentro estava menos 10 graus. Imaginem o choque, mesmo com esses casacos todos?

DSCN1098

DSCN1114

Bem, as esculturas são lindas, muito bem feitas e o artista que ajuda a esculpí-las no gelo é o mesmo que esculpiu o Kikito do festival de cinema e Gramado, por vários anos.

É um lugar legal pra visitar com as crianças, tem lugar para elas tirarem fotos, só que é um lugar pequeno e a visitação é curta. Embora se possa ficar quanto tempo quiser lá dentro, é uma câmara fria de porte médio, então não é um espaço onde a gente se sinta tão confortável pra demorar.

DSCN1094

DSCN1109

Não acho que valha os R$ 25 que cobram pela entrada. Paguei mais barato pelo site de cupons e por isso até que valeu. Mas teria me sentido lesada se tivesse pago os R$ 25. Acho que se cobrassem R$ 10 pelo passeio, estava ótimo. Não falo pelo preço, mas pelo que o lugar oferece.

Na saída, tem uma loja onde se encontra os mais variados itens para levar como lembrança. O marido comprou uma touca do Floc, personagem do Muno Gelado e eu trouxe duas garrafinhas para colocar água, uma pra mim e outra para o meu pai.

Espero que tenham gostado do meu relato sincero sobre o passeio, e se você tem crianças, acho válido levar lá, acho que elas irão gostar do Floc.

Beijo.

Pri Von Mühlen