Tag: hotel

Hotel Candeeiro da Serra- Salvador do Sul/RS

O destino escolhido para passar meu feriadão de 20 de Setembro passado foi a pacata Salvador do Sul, cidade situada à 1h45 de Porto Alegre. Dei uma pesquisada na internet e escolhi o Letto Hotel Candeeiro da Serra. Além do preço convidativo, as acomodações e as opiniões dos hóspedes nos sites de reserva, me fizeram optar por ele. Fiz reserva via Booking  e deu tudo certo.

Ficamos por 2 dias lá, aproveitando para descansar e curtir o friozinho e as belas paisagens da região. No primeiro dia, como era feriado, a cidade durante o dia estava deserta e todos os restaurantes estavam fechados para o almoço. Rodamos as cidades em volta e também não encontramos nada. Comemos uma torrada em um bar simples da cidade e seguimos nosso rumo. Pela noite já foi mais fácil, na cidade vizinha, São Pedro, encontramos um restaurante bem legal, com pizza e outros pratos, de preço bem acessível.  Já no sábado, com o comércio aberto, foi tudo mais fácil e deu pra fazer as coisas normalmente.

Mas e as comodidades do hotel?

A cama é muito boa, cobertas macias e limpas. O chuveiro bom , com jato forte. Quarto amplo e bem arejado, com uma bela vista da cidade. Todos os quartos tem a mesma vista. Alguns tem sacada. A piscina térmica tem uma vista linda da região, pois fica voltada para os vales e é o atrativo deste pacato e belo hotel.

A recepção é bem atendida, pessoal simpático e hospitaleiro. Se tiver dúvidas sobre a região, eles explicam e dão dicas preciosas sobre locais a visitar em municípios vizinhos.

O café da manhã é terceirizado, então não está incluso nas diárias do quarto standard pelo Booking. Mas dá para pagar à parte e custa R$ 20 por pessoa. O serviço de comida disponível é  todo terceirizado e tem disponível almoço e janta caso o hóspede queira, com um cardápio restrito e com valores sob consulta.

O que poderia melhorar?

A TV poderia ter mais canais disponíveis, pois faz falta, já que a região é pacata e local de descanso. Em dias de frio, a pedida é uma boa. O café poderia estar incluso em todas as diárias, pois isso é um dos serviços mais básicos de qualquer hotel e não deixa de ser um agradinho aos clientes.

Locais bonitos na região

Olhando em frente ao hotel, no horizonte pode-se avistar um seminário onde são feitos retiros geralmente. Um local grande e um prédio simples, mas com uma energia ótima. Tem também o Túnel da Linha Bonita Alta, que é o primeiro túnel em curva construído na América Latina. Dá pra passar de carro por ele (ou a pé) e ao final, tem uma bela que d’água, que vale umas fotinhos e também uma bela de uma admirada. Que ar puro!

Super indico o hotel e a hospitalidade do pessoal de lá e adorei essa coisa “cidade do interior calma” tão perto de Porto Alegre. Que bom que não foi preciso ir tão longe pra descansar e desopilar um pouco.

Voltaremos certamente! Fica a dica, inclusive para quem visita a serra gaúcha, Bento e Garibaldi, que não fica tão longe e o pessoal quando quer descansar desses roteiros turísticos, também escolhe o Candeeiro da Serra.

Beijo.

 

Dica de hotel em Gramado: Sky

Post por em Moda

No feriado do dia 2,eu quis dar uma passeada. Temos ido bastante à Gramado porque a distancia é curta, dá umas duas horas de viagem e é uma cidade linda e repleta de coisas pra fazer. Cada vez que vou lá, faço uma atividade diferente, visito com calma algum lugar que não fui ainda. Dessa vez, resolvemos ir no dia 1 após o trabalho e ficamos em um hotel chamado Sky. Fazia um tempo que eu queria conhecer e tinha uma promoção muito bacana no Booking. Reservei e fui junto com o marido.

14889720_678327522345310_2246980635774308183_o

O hotel é lindo e imponente, com arquitetura enxaimel, e é enorme. Junto dele ainda tem uma casa de sopas e um restaurante que serve foundue.

A recepção é bastante atenciosa e tem manobrista, que rapidamente traz e leva o carro quando precisamos sair ou usar o carro para qualquer deslocamento. O estacionamento é pequeno para tantos carros, pois o hotel é grande, mas os manobristas se resolvem bem, porque as vagas são pequenas. Isso não é problema, definitivamente.

14917128_678354652342597_6716547464379436941_o

O quarto

O quarto onde fiquei era bem amplo, com uma cama bem confortável e banheiro idem. Tinha armário para guardar as roupas, frigobar, sofá e também uma escrivaninha para caso desejasse usar.

14918808_678354615675934_378120820624840899_o

14889995_678354589009270_2890871993548595243_o

Durante a noite, mesmo após as 22h 30, tivemos problemas com barulhos no andar, alguns hóspedes não paravam de fazer barulho no corredor e não respeitaram os demais, acho que isso é o problema do hotel ser grande e não ter controle sobre isso no andar. Esperamos para ver se diminuíam os barulhos, mas como não cessaram, entrei em contato com a recepção, que em cinco minutos me trocou rapidamente de quarto, com uma agilidade indescritível. Nos colocaram em outra ala do hotel, em um quarto um pouco menor, mas igualmente confortável e charmoso. Daí em diante, foi uma noite muito tranquila e agradável.

14900411_678327222345340_7131602481480810676_n

Café Colonial

O café da manhã (incluso na diária) é um espetáculo à parte, pois é o famoso “café colonial” de Gramado e tem mais de 80 variedades de pães, salgados, bolos e tortas e mais frutas e frios. Já quanto às bebidas, tem iogurte, achocolatado, sucos, cafés, chás. Tem que tomar café com tempo, para poder curtir pelo menos um pouco do lugar. A sala de café é grande e as louças são de fácil acesso para as trocas que se fazem necessárias mediante tanta comida saborosa junta.

Comodidades

No hall de entrada, tem sempre um guia turístico de plantão, pra sugerir passeios, rotas e serviços para os turistas, tudo bem personalizado, de acordo com o que a pessoa quer conhecer e pode gastar. A localização do hotel é privilegiada, fica bem perto do Mini Mundo, e à pé, dá pra chegar no centro de Gramado em dez minutos. De carro, o tempo reduz mais ainda.

O check-out é bem ágil, o valor das bebidas do frigobar não é absurdo e o hotel cobra taxa de serviço de 10%, que de tão bem atendida que fui, nem me importei de pagar.

Fica a dica de um hotel bem bacana pra quando forem visitar Gramado, vale cada centavo. Vou ir trazendo mais dicas de lugares, como sempre faço nas minhas andanças por aí. Adoraria voltar lá pra ver o Natal Luz, mas tenho que ver se vai ter quarto disponível no hotel ainda. Meu marido adorou, ficou encantado!

Espero que gostem do meu relato!