Tag: Nova Prata

Pri Por aí: Caldas de Prata em Nova Prata/RS

Post por em Beleza

No final de semana passado 02,03 e 04/03 estive mais uma vez em Nova Prata, para visitar alguns parentes do marido que moram por lá, mas a nossa intenção também era conhecer as piscinas de águas termais, do Caldas de Prata.

20170303_100944

Distante uns 20 minutos (de carro) do centro de Nova Prata, as Caldas de Prata ficam em uma estrada asfaltada, de longas descidas e curvas perigosas, mas nada que um pouco de atenção e prudência ao volante, não resolvam.

 20170303_103337

Eu na ponte do Rio que (não) cai 

Faz tempo que eu queria ir lá, já estive na cidade várias outras vezes porque alguns parentes do meu marido moram lá, mas não havia ido nas águas termais ainda.

20170303_104127

Mas qual o benefício do banho nas águas termais?

Por serem águas sulfatadas e conterem moléculas de enxofre são indicadas na forma de banhos para tratamentos de doenças reumáticas como artrite, artrose, tendinites e outras. Também são sedativas, relaxantes musculares, proporcionando uma maior dilatação dos vasos da pele, favorecendo assim a absorção dos sais minerais nelas contidos.

Quanto custa para entrar?

No parque, para caminhar nas trilhas, tomar banho na Cachoeira e conhecer tudo, apenas R$ 5 pela diária por pessoa. Se quiser tomar banho nas piscinas de água termal, paga-se R$ 25 pela dária, por pessoa.

20170303_105141

Qual a infraestrutura do lugar?

Tem restaurante, banheiros limpos e cheirosos, piscinas cobertas (para os dias de chuva)  e ao ar livre, além de lancheria para quem desejar comer um lanche. Tem um deck externo maravilhoso, para quem quiser fazer sua refeição olhando a natureza. As comidas e bebidas não são caras, tem preços bem justos.Tem uma linda cachoeira e dá pra chegar nela com segurança, pois o local é todo preparado para receber turistas. As Caldas de Prata também contam com mini spa, com vários tratamentos.

20170303_105438

Chama a atenção a limpeza do lugar como um todo, não se vê nem folhas das árvores no chão. Realmente é um local bem cuidado. Para saber mais, basta entrar no site das Caldas de Prata: www.caldasdeprata.com .

Onde se hospedar?

Eu sempre fico no mesmo lugar, o Hotel Condall, que fica em cima de um pequeno shopping no centro da cidade. O hotel tem academia, um farto café da manhã, incluso na diária e instalações bem confortáveis. Tem quartos que possuem mini cozinha e uma escrivaninha para trabalhar, caso precise. É tudo muito limpo e silencioso e tem estacionamento coberto para o veículo.Para saber mais do hotel, dá pra entrar no site deles www.condallpalacehotel.com.br

20170304_074914

Vista da sala de café da manhã do hotel, dá pra ver tudo lá do alto!

A diária é em conta, paguei R$ 125 com um descontinho, por cada dia, para eu e o marido, com café, estacionamento e wi-fi. O atendimento é ótimo e tudo bem confortável. Já é a quarta vez que me hospedo lá!

Lugares para comer que eu recomendo:

Tem a Vídeo Pizza, que serve lanches em geral, mas o preço é bem alto e pra quem procura um lugar mais tranquilo, mais família mesmo, já não serve. Até gostei de comer lá, mas os preços assustam e a qualidade das porções é ok e nada demais. São poucas as opções de gastronomia da cidade, mas tinha um lugar que eu já havia visto mas ainda não conhecia, o  Restaurante Empório São João.

O atendimento é familiar lá no Restaurante  Empório São João, então como são os donos que atendem, é de uma dedicação incrível. O menu é composto por bruschettas, caldos, massas, pasteis e a la minutas fantásticas, que além de muito bem servidas, tem preços inacreditáveis e um sabor inigualável. Tudo é feito na hora, não tem essa da comida ficar esfriando, por isso o sistema a la carte funciona super bem. E fica aberto o dia todo praticamente, e isso em cidade do interior é raridade, facilita pra quem chega de viagem cansado e quer buscar um lugar bom para comer.

20170302_214407 (1)

20170303_204411

Porções  e para beber cerveja artesanal, fabricada em Nova Prata, no Restaurante Empório São João

Fica bem no centro, pertinho do hotel onde eu me hospedei e é um ambiente aconchegante com área externa e interna,e divertidamente decorado. A comida leva no máximo meia hora pra sair depois do pedido e nada é caro. O destaque fica para a la minuta e para os pastéis, que são ótimos, bem recheados enormes e o grande  (que é gigante) custa R$ 8. Eu realmente fiquei encantada com o sabor e a qualidade dos pratos.

E o público do lugar é eclético: empresários, vice-prefeito, jovens, turistas de várias partes do estado e do país. Nos dois dias na cidade, eu e o marido gastamos cerca de R$ 100 para comer muito bem. Fica a dica, e para conhecer o Empório São João, veja a página  no Facebook, clicando AQUI. 

20170304_122908

 

O prato não tá bonito e arrumado, eu já estava comendo quando lembrei de fotografar. Mas o que importa é que custa R$ 25  (Restaurante Empório São João) A la minuta para 2 pessoas, com: arroz, feijão, fritas, 4 bifes (carne ou frango), moranga, salada, e 4 panquecas. Incrível esse preço, né?

Para mostrar um pouco mais das piscinas como um todo, vou seguir o conselho do pessoal e retornar no inverno, estava muito calor para entrar nas águas termais, no dia em que fui fazia 35 graus na cidade. Volto no meio do ano e conto mais para vocês.Mas fica a dica de um passeio super em conta e que pode além de trazer benefícios de saúde, um pouco mais de diversão para sua vida!

Nova Prata

Já era para ter colocado este post no blog, mas tô me adaptando ainda com o meu tempo, as reformas da casa e o planejamento de um evento bacana que vem por aí, por isso atrasou um pouco.

No feriadão da Páscoa, aproveitei para passear com o marido na cidade de Nova Prata, aqui no RS, cidade onde mora a maior parte da família dele. É um lugar bem tranquilo, pra descansar mesmo e fugir da loucura da cidade grande, do movimento, dos congestionamentos e respirar um pouco de ar puro.

A cidade fica na Serra Gaúcha, logo acima de Bento Gonçalves, dá umas 2h30 de viagem de Porto Alegre até lá. No caminho é bacana ver a natureza, os paredões formados pelos morros e as cidades bonitas pelo caminho.

É uma cidade com pouco movimento, o centro tem algumas lojas com preços bem bacanas e o comércio local tem uma característica  marcante: em quase todos os lugares que entramos fomos bem atendidos por gente simpática e bem disposta. Seja na farmácia, no posto de gasolina ou nos restaurantes, as pessoas que atendem são extremamente bem educadas e gentis.

O principal ponto turístico são as Águas Termais, que eu e o Rafa não fomos porque ainda estava quente pra ir, mas voltaremos no inverno para curtir as cachoeiras e a água morninha, ideais para relaxar.

Locais para comer bem em Nova Prata:

  • Vídeo Pizza – O point da city na noite, os mais antenados vão lá. É um pub misturado com restaurante, tewm música ambiente, showzinho de cantores locais. As comidas são bem boas, variam entre pizza, porções de fritas, camarão, carnes e afins. Os preços são meio salgadinhos, mas vale a pena.
  • Grand’s Bar- Um bar meio alternativo, tem tv para o pessoal assistir os jogos e tem um xis fantástico. Preços médios.
  • Restaurante Paradiso- De dia tem buffet e pela noite tem pizza. O destaque fica pra quando eles servem a pizza, eles ficam aquecendo todo o tempo, para que não os clientes não comam comida fria. Preço médio.
  • Restaurante da CIC- O buffet mais bacana da cidade, tem várias opções  de saladas e pratos quentes e frios. Sobremesas também, incluindo aqueles doces característicos de cidades do interior.

 Os passeios pelo interior da cidade são bacanas para ver belas paisagens e também conhecer o Rio da Prata, que tem água limpinha e corre por várias partes da cidade. As fazendas antigas dos poderosos da região também são um atrativo no meio da cidade calma e de estradas vazias.

E no retorno para Porto Alegre, uma boa pedida é parar no Paradouro logo acima da ponte do Rio das Antas e saborear um sanduba de pão colonial com queijo e presunto, tudo com gostinho caseiro. Uma delícia e com preço bacana.

A imagem acima mostra a bela paisagem da Ponte Ernesto Dorneles  sobre o Rio das Antas que dá pra olhar enquanto tomamos café no retorno para Porto Alegre. Essa ponte divide as cidades de Bento Gonçalves e Veranópolis, então, o café que eu disse fica em Bento Gonçalves. Lindo demais o lugar!

Fica a dica então, pra quem quiser curtir ar puro e dar uma volta para descansar e sair do movimento.

Vou contar pra vocês aqui no blog um pouco mais sobre as viagens que faço aqui no Rio Grande do Sul para que conheçam meu estado um pouco melhor.

Beijocas.