Tag: Unhas

Swatches: Esmaltes O poder da Cor, nova coleção Giovanna Antonelli para Colorama

Na semana passada, recebi da Colorama os novos esmaltes da coleção da Giovanna Antonelli para a marca, chamada O Poder da cor. São oito novas cores, para todos os gostos. Assim que postei, tanto no Facebook quanto no Instagram, pediram que a primeira cor que eu testasse fosse Quem Nunca?

IMG_20160703_111629

Hoje pela manhã, fui na manicure e cá estou, mostrando como fica o Quem Nunca? nas unhas. É um misto de nude com fundo cinza claro, mas nas unhas fica translúcido. Discreto e ficou bom com duas aplicações. A manicure queria passar mais uma para fechar melhor, mas achei que ia ficar muito grosso.

IMG_20160630_173437

Já as outras cores, são bem legais também e eu achei que a cobertura delas é melhor do que a cor que usei nas minhas unhas hoje. Vou mostrar abaixo cada uma delas:

 IMG_20160703_155039

Da esquerda para a direita:

  • Sem disfarces: magenta lindo, com uma cobertura ótima, que daria pra ter ficado só com uma camada.
  • Ela quem manda: Cinza, cor de asfalto, bem bonito e chique. A cara do inverno!
  • Dar o que falar: Vermelho Maçã do amor, com cintilância na medida, pra ficar com aquele efeito vitrificado.
  • Olhe, não toque: Azul marinho cintilante, com fundo bem escuro.
  • Dona do Jogo: Meu preferido dessa coleção, um marrom com brilhinhos na fórmula, coisa mais linda. O próximo que vou usar!
  • Duvido não olhar: vinho bem cremoso
  • Só que não: Não sei se é rosa chiclete ou se é coral. Talvez uma mistura dos dois.

IMG_20160703_155100

Essas são as cores, da nova coleção, que tem preço sugerido de R$ 5,60 cada e pode ser encontrada em lojas de cosméticos, perfumarias, supermercados e  e farmácias de todo o Brasil.

Gostaram das cores?

Beijo.

Unhas acrílicas: antes, durante e depois

Post por em Beleza

Minhas unhas estão cada dia mais finas. Segundo minha dermato e a bula do Roacutan, este pode ser um dos efeitos adversos do remédio. Meu cabelo também está seco e caindo um pouco mais do que o nromal. Mas faltam só 5 meses de tratamento, passa logo. Dito isso, resolvi aceitar a sugestão da Cindy, uma das meninas que faz minhas unhas há bastante tempo e fiz o alongamento acrílico. Vou mostrar aqui para vocês as etapas, achei bem legal o trabalho.

Os produtos utilizados:

IMG_20160319_112203504

 Aqui tem solução pra higienizar, primer para neutralizar a unha, óleo e o líquido e o pó que fazem a unha. Não sei quanto custam esses produtos, só que são vendidos para manicures.

unhas1

Antes de colocar as unhas, devemos ficar com elas com as cutículas grandes, no mínimo uma semana sem tirar. Isso porque a pele entra em contato com a lixa e pode ficar sensível. A minha é fininha, e acabou dando uma ‘raladinha’. Nada demais…

unhas2

Esses moldes é que garantem o tamanho das unhas, todas iguais. Pedi o tamanho dois para me acostumar e vou falar que gostei, mas ainda está difícil pra digitar com unha longa. Essa semana devo acostumar…

Elas ficam opacas e irregulares assim antes de a manicure lixar e polir. Depois elas ficam como vamos ver abaixo.

unhas3

Assim ela ficará toda vez que eu remover o esmalte. Eu pedi mais cor da pele, mas tem de outros tons e até transparente. Eu achei esse tom lindo. Ah, esses machucadinhos são da lixa que falei. Eu deveria ter ficado mais tempo sem fazer a cutícula, mas nada que comprometa o resultado.

unhs4

Assim elas ficaram prontas, com o esmalte Charmosa da linha da Bruna Marquezine para Ludurana, com glitter azul flocado da La Femme por cima. E eu que não sou muito adepta das unhas decoradas, até coloquei umas pedrinhas para enfeitar.

Eu realmente adorei o efeito das unhas e a moça que fez, disse que devo realizar a manutenção a cada 15 dias, ou no máximo 21 dias, pois depende do crescimento das minhas unhas.

Quem fez, quanto custou?

A Cindy foi treinada e trabalha no Ateliê da Renata Garcia, que é vice campeã nacional de unhas artísticas na Hair Brasil, é uma excelente profissional. Super indico o trabalho da Cindy mesmo, esse serviço foi pago normalmente e custou 100 reais na promoção que vai até o final do mês de Março.

Gostaram das minhas unhas novas?

4 esmaltes #2

E hoje, aquela tag que coloquei no mês passado, está de volta! São os últimos 4 esmaltes que usei e eu falo brevemente sobre cada um deles. As fotos não tem filtro nem edição de imagem, são como fiz na hora, utilizando meu celular.

CYMERA_20151123_192545

  • Electra (Esmaltes Foup): Rosa pink bem vibrante, mas não escandaloso. Cobertura ótima, pincel largo e durou sete dias sem lascar. Testado e aprovado!
  • Bruna (Esmaltes Foup): Marrom calda de chocolate, boa cobertura e pincel fácil de usar. Ainda está nas minhas unhas há 3 dias e intacto.
  • Nude Clássico (Avon): Um dos tons de nude mais lindos que já vi até hoje. Várias pessoas me perguntaram qual a marca e a cor do esmalte e  que era muito elegante. De fato, é lindo! Boa cobertura, durabilidade sem lascar de 4 dias nas minhas unhas.
  • Lilic (Esmaltes Ludurana, coleção Bruna Marquezine): Uma cor entre o azul e o lilás, lindíssima. Porém, nas minhas unhas durou apenas um dia, lascou todinho e tive que trocar por outro. Vou dar outra chance para os esmaltes da marca, mas a primeira impressão não foi legal.

Esses são meus quatro esmaltes dessa semana, em breve volto com mais algumas cores!

Já usaram algum desses? Qual a opinião de vocês?

 

Verruga plantar – Eu tenho e é mais comum do que se imagina

Eu não vou colocar foto da verruga plantar aqui pra vocês porque é uma imagem nojenta. Mas pra quem eu mostro a imagem da verruga que está no meu pé, sempre pergunta como eu faço pra caminhar e ainda por cima andar de salto. Mas, a gente sempre dá um jeito. Quando a coisa passa a ser insuportável, ando de sapatilha.

O que é a verruga plantar?

Popularmente conhecida como “olho-de-peixe”, a verruga plantar se apresenta como um espessamento e elevação da pele dos pés, com uma região amarelada e um ou mais pontos negros centrais. É causada pelo vírus do papiloma humano HPV e deve ser tratada com um dermatologista  e também com podólogos, pois frequentemente provoca dores ou incômodo ao caminhar. Devido a sua natureza infecciosa, lesões da pele podem permitir a disseminação para outras pessoas ou para outros locais no corpo da mesma pessoa.

Então, eu posso ter pegado por contato com outra pessoa infectada, um piso infectado, ter experimentado um calçado de algum calçado em loja, que tenha entrado em contato com alguém infectado e assim por diante. Fato é, que eu vou prestar bem atenção onde colocar meus pés a partir de agora.

calotrat

Vocês não tem noção do quanto isso dói gente! Eu pensei que tinha pisado em um vidro ou algo pontudo, de tão intensa que era a dor. Cheguei a furar procurando algum “caco” perdido. Já jurei que era bicho de pé, já me desesperei, até minha colega Amanda, que já teve, olhar e dizer que era a tal verrugfa. Pra minha surpresa, fui para o Google e vi as imagens, e sim, eram iguais a marca no meu pé.

Desde então, fui na farmácia e tenho usado um calicida, chamado Calotrat e que também é recomendado para verrugas plantares. E sim, dói, porque ela vai se desgastando aos poucos e enfim, continua doendo e doendo. Fui na dermato essa semana e como a minha está custando a sair, vamos ter que mudar o ácido e fazer tratamento via oral.

Fica meu alerta, principalmente porque o verão vem aí e a gente quer mais é ficar de pés descalços pra aliviar o calor. Fique descalça, mas tenha cuidado. Analise o lugar. E se tiverem sintomas parecidos, sem terem nada nos pés, procurem o médico. Porque quanto mais cresce, mais dói.

Um beijo enorme e depois eu conto quando ela for embora. Se tiverem coragem, procurem no Google por verruga planatr e vejam que coisa feiosa! Hahaha!