Tag: viagem

Snowland, a decepção em Gramado

Post por em Moda

Eu e o marido gostamos de ir a Gramado, mesmo já conhecendo quase tudo por lá. Mas neste ano, quis ir comemorar nosso aniversário de casamento no dia 12 de Janeiro e sugeri um passeio no Snowland, a montanha de Neve.

Chegando lá, é como se fosse um frigorífico grande, com estacionamento lotado já na abertura do parque, que foi as dez horas. Tivemos que colocar no estacionamento ao lado, que custou R$ 15. Tudo normal, caminhamos um pouquinho e chegamos. Na entrada, vimos 4 filas gigantes e perguntamos se era ali mesmo que comprava as entradas. Ao recebermos resposta positiva, ficamos em uma fila e esperamos por uma hora para entrar. Sim, uma hora no calor escaldante. Ninguém agiliza nada.

snowland

Filas gigantes de uma hora para entrar e formulário de isenção para acidentes

Para entrar, cada pessoa preenche um formulário isentando o Snowland de qualquer coisa caso você se mate lá dentro ou se machuque. Que fique claro que eles alugam equipamentos, mas ninguém te ensina a usar, a menos que você pague e consiga horário para agendar as tais aulas. os instrutores ainda avisam que se você chegar cedo, antes das nove e do parque abrir, pode ser que consiga horário para agendar!

A entrada com passaporte para a tal montanha de gelo e mais um dois brinquedos, custa R$ 99. Nenhum  problema, se você pudesse entrar no lugar sem enfrentar filas monstruosas (de mais de duas horas antes de entrar na montanha e de mais uma hora lá dentro) para brincar em um gelo duro, que em nenhum momento lembra neve.

Brincamos no simulador de esqui, que foi a única parte legal, já que o simulador 7D é patético e é apenas uma estrutura que balança e libera bolas de sabão. Que fique registrado que os instrutores dessas duas atrações são ótimos, prestativos e bem animados. Ponto pra eles que pareceram ser os únicos que trabalham com vontade no parque!

IMG_20160112_130001007

E como é para comer lá dentro?

Já para almoçar, não existe comida saudável lá. e os preços são absurdos, pois você tem que comer lá dentro. Não pode sair e voltar, então tem que comer lá dentro mesmo. Tem como opção um sanduba estilo Big Mac  para comer por R$ 39, cachorro quente por R$ 35 ou uma massa lavada com molho de carne de segunda (minha opção) por R$ 28. Sim,  esses dois pratinhos aí de papel, mais duas latas de suco foram  quase R$ 70. Não reclamo do valor, pois estamos carecas de ir a Gramado e sabemos que tudo é caro lá, mas não entendo as pessoas esconderem a real do parque.

Lotação e saídas de emergência

Certamente, tinha mais de mil pessoas simultaneamente lá dentro, em plena terça feira e eles não limitam. Vai chegando gente, entrando e entrando cada vez mais. Aliás, se desse um incêndio lá dentro não sei se sobraria alguém vivo. PPCI de lá deve ter sido feito na época em que não se  exigia tanta coisa, pois vi umas três portas corta fogo e ainda estreitas pra este monte de gente. Se tiver mais, me desculpem, mas não tem como tanta gente fugir de lá se der problema. Não existe a possibilidade.

IMG_20160112_123354545 (1)

A fila na pista de patinação dá voltas em torno dela, e patina gente com short, com calça, correndo risco de se machucar e até se cortar. Há os que patinam certinho, mas há os que caem e não conseguem sequer ficar em pé. Recebem ajuda? Não. É um total descaso.

Li tanto a respeito desse parque e algumas pessoas até falam a verdade em sites como Trip Advisor, mas são acuadas pelas opiniões de quem vem de fora e acha que é normal pagar caro para não ter segurança  e enfrentar filas gigantes e funcionários mal preparados. Meu dinheiro não é melhor que o seu, nem de ninguém, mas eu dou valor para meu suado dinheiro e não aceito qualquer coisa. Não preciso ser tratada como rainha, mas dignidade é essencial.

IMG_20160112_130953327 IMG_20160112_130946863

Essa lotação da montanha (parcial , porque entrou mais gente) condiz com a imagem do parque que você encontra na internet?

E aos que falaram pra eu ir, que era bom, obrigada pela bela porcaria! Se eu puder indicar para ninguém o local, assim farei. Eu falo a verdade e não vou fingir que é maravilhoso só porque é em Gramado.

Snowland, sugiro que melhore. também sugiro que limite o número de pessoas dentro do parque, visando não só o lucro, mas também o conforto de seus frequentadores. Paguei R$ 100 pra entrar nos dois simuladores e não me atrevi a enfrentar filas gigantes para fazer outras atividades. Não existe diversão onde as pessoas tem que se estressar para entrar em um lugar.

Me senti lesada. Muito lesada. E meu conselho é que não vão ao Snowland.

Beijocas.

Nova Prata

Já era para ter colocado este post no blog, mas tô me adaptando ainda com o meu tempo, as reformas da casa e o planejamento de um evento bacana que vem por aí, por isso atrasou um pouco.

No feriadão da Páscoa, aproveitei para passear com o marido na cidade de Nova Prata, aqui no RS, cidade onde mora a maior parte da família dele. É um lugar bem tranquilo, pra descansar mesmo e fugir da loucura da cidade grande, do movimento, dos congestionamentos e respirar um pouco de ar puro.

A cidade fica na Serra Gaúcha, logo acima de Bento Gonçalves, dá umas 2h30 de viagem de Porto Alegre até lá. No caminho é bacana ver a natureza, os paredões formados pelos morros e as cidades bonitas pelo caminho.

É uma cidade com pouco movimento, o centro tem algumas lojas com preços bem bacanas e o comércio local tem uma característica  marcante: em quase todos os lugares que entramos fomos bem atendidos por gente simpática e bem disposta. Seja na farmácia, no posto de gasolina ou nos restaurantes, as pessoas que atendem são extremamente bem educadas e gentis.

O principal ponto turístico são as Águas Termais, que eu e o Rafa não fomos porque ainda estava quente pra ir, mas voltaremos no inverno para curtir as cachoeiras e a água morninha, ideais para relaxar.

Locais para comer bem em Nova Prata:

  • Vídeo Pizza – O point da city na noite, os mais antenados vão lá. É um pub misturado com restaurante, tewm música ambiente, showzinho de cantores locais. As comidas são bem boas, variam entre pizza, porções de fritas, camarão, carnes e afins. Os preços são meio salgadinhos, mas vale a pena.
  • Grand’s Bar- Um bar meio alternativo, tem tv para o pessoal assistir os jogos e tem um xis fantástico. Preços médios.
  • Restaurante Paradiso- De dia tem buffet e pela noite tem pizza. O destaque fica pra quando eles servem a pizza, eles ficam aquecendo todo o tempo, para que não os clientes não comam comida fria. Preço médio.
  • Restaurante da CIC- O buffet mais bacana da cidade, tem várias opções  de saladas e pratos quentes e frios. Sobremesas também, incluindo aqueles doces característicos de cidades do interior.

 Os passeios pelo interior da cidade são bacanas para ver belas paisagens e também conhecer o Rio da Prata, que tem água limpinha e corre por várias partes da cidade. As fazendas antigas dos poderosos da região também são um atrativo no meio da cidade calma e de estradas vazias.

E no retorno para Porto Alegre, uma boa pedida é parar no Paradouro logo acima da ponte do Rio das Antas e saborear um sanduba de pão colonial com queijo e presunto, tudo com gostinho caseiro. Uma delícia e com preço bacana.

A imagem acima mostra a bela paisagem da Ponte Ernesto Dorneles  sobre o Rio das Antas que dá pra olhar enquanto tomamos café no retorno para Porto Alegre. Essa ponte divide as cidades de Bento Gonçalves e Veranópolis, então, o café que eu disse fica em Bento Gonçalves. Lindo demais o lugar!

Fica a dica então, pra quem quiser curtir ar puro e dar uma volta para descansar e sair do movimento.

Vou contar pra vocês aqui no blog um pouco mais sobre as viagens que faço aqui no Rio Grande do Sul para que conheçam meu estado um pouco melhor.

Beijocas.

Como montar um kit de maquiagem para viajar?

Gente,  quando  vou viajar , tento carregar meu quarto inteiro e um pouco mais da casa na minha mala.
E eu sei que muitas de vocês também tentam!

E daí a gente acaba levando coisas demais, que a gente nem de longe vai precisar usar.
É a mesma coisa com maquiagem. Tem itens essenciais que a gente deve   levar, e tem itens que a gente pode substituir e usar outra coisa, pois não vão fazer falta.

Então peguem sua checklist e vamos listar os essenciais, além de dicas para carregá-los sem danificar seus produtinhos!!