Quando um creme barato faz mais efeito que um caro!

Uma jornalista de 47 anos se dispôs a fazer um teste para tratar melhor da sua pele, já que a mãe dela sempre usou cremes baratinhos para tratar a pele do rosto e segundo ela conta, tem uma pele super bonita.

Os cremes que ela escolheu foram o Nívea da latinha azul, aquele que conhecemos e um da marca La Mer . Na Inglaterra,o preço desses cremes é de aproximadamente R$ 3 pelo Nívea (aqui custa uns R$ 22) e o La Mar custa uns R$ 300(não pesquisei quanto custa aqui).

 

 

O creme Nívea,praticamente todo mundo conhece e tem vários ingredientes hidratantes e um deles é a glicerina e desde 1911 faz a cabeça ( e o rosto ) de muita gente por ai. A bela Kate Winslet já declarou por aí que seu segredo de beleza é o creme Nívea de potinho azul.

Já o Créme de La Mer foi criado para tratar as cicatrizes deixadas na pele do seu criador, quando uma explosão em seu laboratório,o deixou com a pele bem danificada.

Antes de fazer o teste, Claire consultou um dermatologista, e ele mostrou a pele dela em 3D, o que evidenciou uma pele com rugas, linhas finas, rosácea e ressecada.

Na primeira semana de testes, ela relatou não sentir nada de diferença, a não ser que o lado esquerdo (Nívea) fazia a pele brilhar mais.

Já nas outras semanas, a diferença entre os lados ficou mais evidente, o lado direito (La Mer) apresentou algumas espinhas que depois sumiram e o esquerdo, ficou mais radiante, menos vermelho e as rugas menos evidentes.

Fotos: Daily  Mail. 

E quando Claire voltou ao consultório médico, o resultado foi que em comparação com o lado direito, o esquerdo estava bem mais hidratado, menos vermelho e comas rugas bem menos aparentes. Segundo o médico, a pele parece estar 5 anos mais jovem em apenas um mês de uso do creme da Nívea.

Eu não consigo usar o Nívea da latinha azul porque deixa minha pele muito oleosa, mas pra quem tem a pele seca, acho que a dica super serve.

Em síntese,não é só porque um creme é caro que ele faz mais efeitos do que outro com preço mais em conta.

Vocês também pensam assim,ou acham que preço é que define se o produto é bom?

Beijos.